PESQUISA: Mulheres acima dos 50 buscam cada vez mais a Medicina Estética

O cirurgião plástico Marcelo Almeida afirma que esse fato se deve ao aumento da longevidade, resultado de uma melhor qualidade de vida

PESQUISA:  Mulheres acima dos 50 buscam cada vez mais a Medicina Estética

Foto: Divulgação

Os procedimentos estéticos mais procurados por mulheres acima dos 50/60 anos é a blefaroplastia, mamoplastia e procedimentos estéticos faciais com o objetivo de melhorar a autoestima, de acordo com pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

 

A servidora pública Lídia Maria, de Porto Velho,RO, está entre esse grupo de mulheres.Com excesso de mama, problema que há anos vinha lhe causando mal estar, ela só teve coragem de se submeter a cirurgia de mamoplastia (Redução da mama) aos 54 anos, quando conheceu o cirurgião plástico  Marcelo Almeida, que possui clínica na capital rondoniense.

 

 

“Sempre tive receio de fazer esse procedimento, mas ele me passou muita segurança e isso foi fundamental para eu confiar que tudo daria certo. Foi a melhor decisão que tomei na vida. Minha autoestima foi transformada, assim como a minha qualidade de vida”. Depois disso, a clínica de cirurgia plástica virou rotina em sua vida. “Já fiz alguns procedimentos, a exemplo de botox”, diz.

 

Críticas – excesso de vaidade

 

Em relação às criticas feita às mulheres nessa faixa de idade que se submetem a cirurgia estética “por querer manter a aparência jovem, não aceitando a idade que possui”, Lídia diz que “Hoje vivemos uma realidade diferente de tempos atrás, quando uma mulher de 50/60/70 anos era considerada velha, não por querer ser assim, mas por falta de opção e porque eram mais reprimidas no contexto em que viviam”, pontua.

 

De acordo com Lídia, com o avanço da sociedade, a mulher passou a ocupar lugar de destaque, a ter voz, a se valorizar, a buscar meios de elevar a autoestima.

 

“E se a cirurgia plástica pode contribuir para esse contexto, não vejo problema, mas desde que seja feita por um profissional que tenha ética, que não transforme o paciente em uma pessoa irreconhecível, como vemos muitos por ai”, alerta a servidora.

 

Cirurgião Marcelo Almeida - Longevidade

 

Marcelo Almeida afirma que houve um aumento da longevidade, resultado direto de uma melhor qualidade de vida e dos avanços da Medicina, com isso é normal que as pessoas queiram manter a aparência revigorada nessa faixa etária. “Com as novas técnicas, resultado de constantes pesquisas na área, os pacientes passaram a ter mais segurança em se submeter a uma cirurgia estética”, destaca.

 

 

Ele enfatiza, no entanto, que é importante entender que a cirurgia plástica não resolve todos os problemas, ela ajuda, é uma aliada. De acordo com ele, associado aos procedimentos estéticos/cirúrgicos, é preciso buscar outros meios para ajudar a melhorar a qualidade de vida.

 

“Por isso converso muito com meus pacientes para saber a real expectativa em relação ao procedimento que ele/ela quer se submeter”. Mas, é maravilhoso ver como a autoestima deles/delas melhora após resultado.

 

Procedimentos mais procurados nessa faixa etária, de acordo com a pesquisa



Blefaroplastia: retira excesso de pele das pálpebras, tanto na parte superior quanto inferior. Esse procedimento é usado também para retirar o excesso de gordura na pálpebra inferior.

 

Procedimentos estéticos faciais: Preenchimento labial e facial, toxina botulínica (botox), harmonização facial, microagulhamento, lifting facial

 

Mamoplastia: Procedimento realizado para reduzir ou aumentar as mamas. A maioria das pacientes que vai à clínica do médico quer fazer implante de silicone para acabar com a flacidez, algo comum nessa faixa etária.

 

AUTOR: Emília Araújo - jornalista profissional (@emiliajornalista)

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS