NOVA ETAPA: Emoção marca o primeiro dia de vacinação dos idosos com 65 anos ou mais

Prefeitura imuniza, de uma só vez, 41% da faixa etária de 65 a 69 anos

NOVA ETAPA: Emoção marca o primeiro dia de vacinação dos idosos com 65 anos ou mais

Foto: Divulgação

 

O primeiro dia de vacinação dos idosos com idades a partir de 65 anos foi marcado por muita emoção de quem esperou por esse momento. Na fila da imunização, José Ribeiro das Neves, 67 anos, revelou que a dose que lhe foi aplicada representa uma conquista de toda a família. “Perdi uma irmã e um sobrinho para o coronavírus. Infelizmente, não deu tempo para eles serem imunizados”, disse ele.
 
Havia muita gratidão na manifestação de Maria das Graças, 66 anos, que já sabe como será seu comportamento a partir de agora. “Acordei ansiosa e cheguei emocionada. Perdi parentes e amigos e, por isso, entendo a importância da vacina. Estou muito grata. Vou continuar tomando todos os cuidados até a segunda dose”, garantiu.
 
AGENDA
 
Após a primeira aplicação, Maria das Graças tem retorno agendado para daqui a 28 dias, quando deverá tomar a segunda dose da vacina Coronavac, o imunizante chinês, fabricado em parceria com o Instituto Butantan.
 
As vagas para a vacinação dos idosos com idade a partir de 65 anos se esgotaram em menos de três horas. As 4.760 doses disponibilizadas serão aplicadas até a próxima quinta-feira (1).
 
Idosos são orientados sobre a segunda aplicaçãoMaria das Graças se emocionou com a aplicação da primeira dose
 
 
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), há quase 12 mil idosos, com idades entre 65 e 69 anos, vivendo em Porto Velho. Com as 4.760 doses, o Município vai contemplar, de uma só vez, 41% desse grupo prioritário.
 
Segundo a gerente municipal de imunização, Elizeth Gomes, é importante que, a partir de agora, o restante dessa faixa etária fique atento para as datas de novos agendamentos, que devem ocorrer já nas próximas semanas.
 
“Até o sétimo lote de vacinas recebidas, precisávamos guardar a quantidade equivalente para a segunda dose. A partir do oitavo lote, utilizamos todo o imunizante aplicando a primeira dose. Por isso, esperamos a compreensão das outras faixas etárias. Com mais doses enviadas pelo Ministério da Saúde, vamos avançando para alcançar outras faixas etárias”, explica Elizeth Gomes.
 
Para José Ribeiro, agora imunizado, a vacina é a única resposta capaz de frear os malefícios trazidos pelo vírus. “Se não formos vacinados, estaremos expostos a uma coisa que não conhecemos”, avaliou.
 
A vacinação dos idosos cadastrados segue até o dia 1º de abril (quinta-feira), no Centro Universitário São Lucas – Campus II, na rua João Goulart, n. 666, bairro Mato Grosso.
 
O horário é das 9h às 17h. Os idosos devem apresentar documento de identificação, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS