BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

SEGURANÇA: Frentes de serviço do DER trabalham durante inverno amazônico

Para garantir trafegabilidade nas rodovias de Rondônia

Secom

19 de Janeiro de 2021 às 14:50

Foto: Divulgação

O Governo do Estado de Rondônia, por meio de 50 frentes de serviços do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER-RO), espalhadas em todas as regiões de Rondônia, trabalha durante o inverno amazônico para garantir segurança na trafegabilidade dos 6.471,49 quilômetros de estradas, sob responsabilidade do Departamento, sendo 1.555,25 quilômetros de rodovias asfaltadas e 4.916,24 quilômetros de rodovias primárias.
 
Segundo o diretor-geral do DER, Elias Rezende, as equipes das 14 Residências Regionais e quatro Usinas de Asfalto vivem uma verdadeira corrida contra o tempo, principalmente com a intensidade das chuvas que exige cuidados redobrados na execução dos trabalhos.
 
“Já avançamos muito na infraestrutura das nossas estradas, mas ainda temos muito trabalho a ser feito, inclusive neste período chuvoso em que as equipes devem ficar mais atentas aos imprevistos. Sabendo disso, solicitamos que as regionais do DER monitorem estradas e pontes, para que a população possa ser atendida com rapidez, diante de possíveis transtornos que venham ocorrer, inclusive nos finais de semana e feriados. Esta é mais uma ação que exige o esforço de todos e cumpre as determinações do governador, coronel Marcos Rocha, de garantir segurança na trafegabilidade e o escoamento do setor produtivo, com economia e qualidade nos serviços”, destaca o gestor do DER.
 
Rezende explica que trabalhos preventivos também são executados diariamente pelas frentes de serviços do DER, como exemplo, recuperação de trechos críticos nas estradas, limpeza lateral e serviços de drenagem. “Os trabalhos de limpeza lateral e drenagem evitam alagamento das estradas e a retirada da vegetação, que pode causar acidentes. Com a manutenção intensa do asfalto, as rodovias ficam mais trafegáveis, assim como os serviços de encascalhamento, que evitam atoleiros e lamaçal nas estradas que ainda não foram asfaltadas”.
 
Destaca-se também que o DER conta com o monitoramento da população. “Caso o usuário se depare com alguma situação de risco, pedimos que envie fotos e vídeos com a localização, para que possamos combater os gargalos na trafegabilidade com agilidade”, informa o diretor-geral.
 
As demandas da população podem ser enviadas via whatsapp para a Ouvidoria do DER: (69) 99221-6422 ou à assessoria direta do diretor-geral: 69 99366-6701.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS