BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CORONAVÍRUS: Governo do Estado explica como será a vacinação em Rondônia

De acordo com Fernando Máximo, as vacinas chegarão primeiro em Porto Velho

João Vitor Muniz/Rondoniaovivo

24 de Dezembro de 2020 às 10:52

Atualizada em : 26 de Dezembro de 2020 às 10:56

Foto: Divulgação

O plano de vacinação contra a covid-19, em Rondônia, foi apresentado na manhã desta quinta-feira (24), em uma entrevista coletiva (assista abaixo) pelo secretário Estadual de Saúde, Fernando Máximo.
 
A partir da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Governo de Rondônia receberá a vacina e começará a imunizar a população, segundo o secretário.
 
De acordo com Máximo, as vacinas chegarão em Porto Velho, onde já existe uma rede de frio e depois serão distribuídas para as regionais ao longo do Estado.
 
Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná, Rolim de Moura, Cacoal e Vilhena receberam as doses. A partir dessas regionais, o imunizador será distribuído para todo os 52 municípios do Estado, garantiu o secretário. A responsabilidade pela vacinação será das prefeituras.
 
Conforme Máximo, a primeira fase do plano de vacinação será para os idosos acima de 75 anos, profissionais de saúde e as pessoas que tem entre 60 e 75 anos, que estejam internadas em asilos ou em instituições psiquiátricas.
 
Na fase 2, os idosos entre 60 a 74 anos serão imunizados. A terceira fase começa a vacinar as pessoas com comorbidades.
 
Ainda segundo Máximo, o Governo de Rondônia já tem um estoque suficiente de seringas e caso chegue a faltar, o Ministério da Saúde irá disponibilizar a quantidade necessária.
 
Assista a coletiva:
 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS