BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CHEGOU A HORA: Debate com os candidatos a prefeito de Porto Velho será nesta quinta, às 19 horas

A promoção é do Rondoniaovivo em parceria com a Faculdade Sapiens e apenas a candidata Cristiane Lopes não participará do encontro por estar de quarentena, devido a Covid-19

RONDONIAOVIVO

12 de Novembro de 2020 às 09:23

Atualizada em : 12 de Novembro de 2020 às 09:27

Foto: Divulgação

 

O  Debate 2020  entre os candidatos que estão concorrendo à Prefeitura de Porto Velho acontece nesta quinta-feira (12), às 19 horas, no auditório da Faculdade Sapiens, no bairro Flodoaldo Pontes Pinto, na capital. A mediação será do jornalista Cícero Moura, do Rondoniaovivo, e terá transmissão pelo Facebook, Youtube e pelo site Rondoniaovivo.

 
O evento é uma promoção do site Rondoniaovivo em parceria com a Faculdade Sapiens mais um grupo de empresas: Uzzipay, Toca do Coelho, Super Graf, Rima, Sphera Engenharia, OAB Rondônia, SBS Empreendimentos, Ideia Comunicação Visual, Clínica Médica Drª. Andréia, CVC, Multibar, Rema TV, canal aberto 5.1 e Rádio Rondônia FM 93.3. A Rádio Rondônia e a REMA TV estarão transmitindo o debate em cadeia com o Rondoniaovivo.
 
O debate é o único realizado em Porto Velho envolvendo todos os candidatos ao mesmo tempo e será uma oportunidade para que os eleitores da capital conheçam mais sobre os prefeituráveis e possam tirar as dúvidas sobre quem eles acham mais preparado para administrar a nossa cidade. 
 
Segurança
 
Os candidatos, Breno Mendes (Avante), Coronel Ronaldo Flores (Solidariedade), Eyder Brasil (PSL), Hildon Chaves (PSDB), Leonel Bertolin (PTB), Lindomar Garçon (Republicanos), Pimenta de Rondônia (PSOL), Ramon Cujuí (PT), Samuel Costa (PSTU), Vinicius Miguel (Cidadania), já confirmaram presença.
 
A candidata Cristiane Lopes (PP) não irá participar, pois está de quarentena, após ter sido contaminada com o vírus da covid-19.
 
Vale ressaltar que o debate do Rondoniaovivo seguirá todas as normas redigidas pela Vigilância Sanitária e disponibilizadas através do decreto Estadual que visa o combate a proliferação da infecção de covid-19.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS