BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

LEITURA: Biblioteca José Pontes Pinto reabre portas para comunidade rondoniense

Por conta da pandemia do coronavírus, a biblioteca atenderá com 50% da capacidade

SECOM-RO

04 de Novembro de 2020 às 08:41

Atualizada em : 04 de Novembro de 2020 às 10:41

Foto: Divulgação

O Governo do Estado, por meio da Fundação Cultural de Rondônia (Funcer), reabriu a Biblioteca Pública Estadual Dr. José Pontes Pinto, localizada na Avenida Farquar com Pinheiro Machado, no Centro de Porto Velho. A nova estrutura traz um espaço disponível para a população, climatizado, com salão de leitura, área de informática, sala de estudos coletivos e individuais disponibilização de internet Wi-fi, banheiros femininos e masculinos com acessibilidade. O evento aconteceu na manhã de terça-feira (3), com a presença do superintendente Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), Jobson Bandeira.
 
 
“Primeiramente, a gente tem que agradecer à Deus por mais essa missão, e em segundo ao governador Marcos Rocha. Na Funcer, a Simone é a presidente e foi passada essa função a ela, para que pudéssemos fazer o que estava parado acontecesse. Então tivemos a informação de que a biblioteca Dr. José Pontes Pinto, teria sido reinaugurada, e viemos conhecer o espaço, mas quando chegamos aqui não tinha nada. Então passei a função para Simone para a abertura dos processos, para que pudéssemos ter um espaço a disposição da população, pois, da forma que estava não havia condições. A equipe competente que a Simone escolheu e com nosso aval para que isso acontecesse graças a Deus hoje estamos aqui para entregar “efetivamente”, esse local”, enfatizou Jobson Bandeira.
 
 
“A biblioteca estava fechada desde 2008, e nós como responsáveis pela administração desses espaços, vimos realmente a necessidade de abrir ao público e neste momento de pandemia é considerado cauteloso, mas também é muito importante. Mesmo antes de portas fechadas, todo dia tinha alguém querendo saber se já pode entrar e acessar.  É indiscutível a importância da leitura, principalmente para os alunos e nós temos várias escolas aqui ao redor, que vão fazer uso da biblioteca, além de universidades que procuram a gente para poder ter acesso ao acervo que temos”, disse a presidente da Fundação Cultural do Estado de Rondônia, Simone Bittencurt.
 
 
 
Simone Bittencurt enfatizou também o apoio recebido para a concretização da reabertura do espaço. “É um avanço muito grande do Governo, com a reabertura da biblioteca e principalmente para população. Quero agradecer a Junta Comercial do Estado de Rondônia (Jucer), por ter doado os materiais, os móveis, cadeiras, e era o que estávamos precisando por conta das questões licitatórias, a empresa não entregou o restante do material então se fosse esperar iriamos abrir só ano que vem, então é um conjunto, Funcer, Sejucel, Jucer, Governo do Estado de Rondônia principalmente por estar nos dando a oportunidade de fazer a reabertura do espaço”, esclareceu a presidente.
 
 
 
Por conta da pandemia do coronavírus, a biblioteca atenderá 50% da capacidade, que soma um total de 30 pessoas por vez em seu interior, observando-se o uso obrigatório de máscara, além do distanciamento social e a disponibilização de álcool em gel.
 
 
 
“Apesar dessa questão do isolamento social nós trabalhamos assiduamente. A biblioteca é um serviço essencial e a “Pontes Pinto”  tem um acervo, espaço de leitura, sala de estudo e  principalmente nesse momento de pandemia oferece a internet que é a inclusão que muitos alunos precisam para desenvolver as atividades, tanto quanto professores”, enfatizou a diretora da biblioteca, Julia Cristina Meinhardt.
 
 
Para a professora Nazaré Silva, que faz parte da Sociedade Amigos da Biblioteca e trabalha desde 1976 na biblioteca a obra é uma benção de Deus.
 
 
“Esse prédio foi sempre muito desejado por muita gente, e a nossa briga foi muito grande para manter o prédio, e pela primeira vez temos um local recuperado para a biblioteca, pois, até então, ele foi sempre adaptado. Antes funcionou aqui o Centro Demonstrativo de Material Pedagógico da Secretaria de Educação e Cultura que na década de 70 era Secretaria de Educação e Cultura quando ela foi criada, então é uma benção porque estamos tendo um prédio digno, maravilhoso e aberto à comunidade”, finalizou a professora.
 
 
Localizada na avenida Farquar com Pinheiro Machado, a Biblioteca Pública Estadual Dr. José Pontes Pinto está aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

MP obtém liminar para que Energisa forneça energia de qualidade

MP obtém liminar para que Energisa forneça energia de qualidade

O Ministério Público também relata que, conforme informado pelo Procon local, somente em relação ao Município de Ariquemes, a quantidade de reclamações em aberto contra a empresa atingiu o total de 514, no período de 1º de janeiro de 2019 a 14 de novembro do mesmo ano.

23 de Novembro de 2020 às 08:53