BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

EXONERADO: Em apenas 1 ano, Brigada de Infantaria de Selva troca de comando na capital

Exército quebra tradição que vinha mantendo generais no comando da 17ªBIS por dois anos

Rondoniaovivo

22 de Outubro de 2020 às 11:50

Atualizada em : 22 de Outubro de 2020 às 22:18

Foto: Divulgação | Coronel Jorge (esquerda) assume no lugar do general Lima

A decisão publicada pelo Ministério do Exército nesta quarta-feira, 21, quebrou uma tradição e surpreendeu praças, oficiais e graduados que trabalham na 17ª Brigada de Infantaria de Selva. Diferente  de outros oficiais generais que aqui passaram e ficaram por mais de dois anos, o general Luciano Batista de Lima será exonerado do cargo de comandante da Brigada com apenas um ano de comando.
 
General Lima em entrevista com programa Conexão Rondoniaovivo | Foto: João Vitor Muniz/Rondoniao
 
Em seu lugar assumirá o coronel Jorge Augusto Ribeiro Cacho que aguarda a assinatura de promoção para General de Brigada por parte do presidente Jair Bolsonaro . Lima teve uma passagem discreta por Rondônia se comparado aos três generais anteriores que comandaram a 17ª Brigada de Selva.
 
Os Generais André Luís Novaes Miranda, Ricardo Costa Neves e José Eduardo Leal tiveram um relacionamento bastante participativo junto à comunidade. Lima está sendo transferido para a Artilharia Divisionária 5 em Curitiba. Ainda não está definida a data da passagem de comando.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS