BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

VISITA A PIMENTA BUENO: Chapa 1 se compromete com a valorização de trabalhadores

Em série de entrevistas aos meios de comunicação e visita às escolas de Pimenta Bueno, a Chapa 1 reforçou o compromisso na luta pela valorização profissional e salarial da categoria

ASSESSORIA

17 de Outubro de 2020 às 10:21

Atualizada em : 17 de Outubro de 2020 às 10:28

Foto: Divulgação

A chapa 1, representada pela candidata ao cargo de presidente do Sintero, Lionilda Simão, e os candidatos pela Regional Apidiá deram continuidade aos trabalhos da campanha sindical, que definirá a nova Direção da entidade para o triênio de 2021/2022/2023. Em série de entrevistas aos meios de comunicação e visita às escolas de Pimenta Bueno, a Chapa 1 reforçou o compromisso na luta pela valorização profissional e salarial da categoria.
 
Com o slogan "Renovação e experiência para lutar!", a Chapa 1 coloca à disposição dos filiados, novas lideranças e a experiência daqueles que contribuíram e ainda contribuem,  para conduzir o maior sindicato da região norte nos próximos três anos. 
 
 
Com responsabilidade e compromisso, a Chapa 1 apresenta como principais proposta, a continuação na luta pela atualização e correção da tabela salarial dos profissionais do Magistério de Rondônia, garantindo que o reajuste seja estendido aos servidores aposentados. Também reforça que permanecerá na luta pela criação de um Piso Estadual aos técnicos educacionais, assegurando melhor remuneração e condições de trabalho a esses profissionais. 
 
Durante a passagem pelo município, a Chapa 1 visitou as escolas E.E.E.F.M Raimundo Euclides Barbosa, E.E.E.F.M Marechal Cordeiro de Farias, E.E.E.F.M Valdir Monfredinho e a emissora Rede TV através do programa "Fala Pimenta", retransmitido pela rádio FM Pimenta Bueno.
 
“Queremos reforçar que a chapa 1 tem competência e experiência para conduzir este sindicato que é referência no movimento sindical devido sua capacidade de mobilização e influência. Desejamos que, juntamente com toda a categoria, possamos manter e ampliar os nossos direitos, além de garantir melhores condições de vida, trabalho e salário”, disse Lionilda Simão.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS