BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

NA FRONTEIRA: Base Naval da Marinha boliviana é atacada por criminosos brasileiros

Segundo a Marinha da Bolívia os criminosos eram brasileiros e ainda tentaram levar um barco

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

09 de Outubro de 2020 às 15:13

Atualizada em : 10 de Outubro de 2020 às 11:15

Foto: Divulgação

 
Um ataque à base militar da Marinha Boliviana localizada na fronteira com o Brasil por membros do PCC foi registrado nesta última quarta-feira (7). 
 
De acordo com relatos dos militares houve troca tiros e a intenção do ataque era o furto de armamentos e munição. O Vice-Ministro do Regime do Interior, Javier Issa, informou que não houve feridos. 
 
 
“Houve um assalto à Capitania Naval, fogo cruzado entre os membros, acredita-se que o PCC tenha reentrado na Bolívia para tentar roubar armas do Exército boliviano”, disse Issa.
 
Segundo a Marinha da Bolívia os criminosos eram brasileiros e ainda tentaram levar um barco que presta apoio na base militar. 
 
 
Relatos de moradores dessa região dão conta de um oficial militar boliviano foi encontrado amarrado em uma praia. 
 
Porém, de acordo com o comandante da polícia de Pando, Sadid Ávila, ainda está sendo realizada apuração sobre o caso e não existe confirmação de agressão contra os militares bolivianos. 
 
A capitania militar do Terceiro Distrito Naval da Mader fica localizada às margens do rio Mamu e faz divisa com a região da Ponta do Abunã em Porto Velho, um rio estreito delimita o lado brasileiro do lado boliviano. 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS