BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CESTA BÁSICA: Preço do óleo de cozinha dispara nos mercados de Porto Velho

Já o arroz, que vem sendo considerado o vilão nas últimas semanas, aumentou 68,02% em um ano

Rondoniaovivo - João Paulo Prudêncio

06 de Outubro de 2020 às 14:35

Foto: Divulgação

Dados levantados pelo Programa de Educação Tutorial – PET, do curso de Economia da Universidade Federal de Rondônia – UNIR, apontam que o item da cesta básica que mais elevou seu preço no mês de setembro foi o óleo de cozinha. 
 
Em apenas um mês  o óleo de cozinha aumentou 31,66% e se tornou o vilão do mês da cesta básica, seguido pela subida no preço do arroz que ficou em 30,25%.
O preço da cesta básica fechou o mês custando R$ 411,54 registrando uma alta total de 4,70 em comparação ao mês de agosto. 
 
Realizando uma comparação com o preço atual do óleo de cozinha e o valor cobrado há um ano atrás é possível observar que  houve um aumento de 99,67% do preço, ou seja, praticamente dobrou de preço nos últimos seis meses. 
 
Já o arroz, que vem sendo considerado o vilão nas últimas semanas aumentou 68,02% no período de um ano. 
 
Entre os doze produtos que compõe a lita da cesta básica pesquisada pela UNIR tiveram queda no preço no último mês o tomate, pão, café e farinha. 
 
Confira a variação dos preços da cesta básica em setembro:
 
ÓLEO: 31,66% 
ARROZ: 30,25%
CARNE: 11,82%
AÇÚCAR: 11,67%
BANANA: 8,13%
LEITE: 4,10%
FEIJÃO: 2,49% 
MANTEIGA: 1,06%
TOMATE: -9,06%
PÃO: 5,70%
CAFÉ: -1,41%
FARINHA: -1,23%
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS