BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

FECHOU: Após denúncia na coluna Espaço Aberto banco é fechado na capital

A reportagem ocasionou a mobilização do Sindicato dos Bancários de Rondônia que foi até o banco e conseguiu que a agência do Bradesco fosse fechada

Rondoniaovivo

09 de Setembro de 2020 às 16:46

Atualizada em : 10 de Setembro de 2020 às 08:37

Foto: Divulgação

O Rondoniaovivo divulgou nesta quarta-feira,09, na coluna Espaço Aberto, denúncia de clientes e funcionários do banco Bradesco, agência Jorge Teixeira, que estariam enfrentando um calor insuportável devido à falta de funcionamento da central de ar da agência. Além de informar o problema, a coluna ressaltou a omissão da gerência diante da situação.
 
A reportagem ocasionou a mobilização do Sindicato dos Bancários de Rondônia que foi até o banco e conseguiu que a agência do Bradesco fosse fechada por falta de sistema de climatização. O Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO), disse que já vinha recebendo denúncias tanto de funcionários como clientes, que estariam há dias sofrendo com o calor intenso pela falta de sistema de ar condicionado. 
 
 
“Não é possível que um banco que tanto lucra, ano após ano, não consiga sequer garantir um ambiente climatizado para seus empregados e ao público que atende, principalmente agora, em que o clima em Rondônia está numa fase de estiagem severa. Ou seja, a pessoa sai de casa e vem para o local de trabalho e tem que passar horas num ambiente de extremo calor, sem que o banco tome nenhuma providência para solucionar este problema? É muito descaso com a saúde dos trabalhadores e dos clientes”, enfatiza Ivone Colombo, secretária geral do Sindicato e funcionária do Bradesco, que foi à agência acompanhada dos diretores Euryale Brasil (jurídico) e José Toscano (administração).  
 
Os dirigentes sindicais conversaram com a gestora da unidade, e receberam dela a garantia de que a agência ficaria fechada, sem atendimento ao público (inclusive nos terminais de autoatendimento) até que os técnicos em refrigeração fossem ao local solucionar o problema de ar condicionado. Ela também disse que no local ficaria apenas ela (a gerente) e mais dois bancários, e que os demais funcionários seriam realocados para outra unidade do Bradesco na capital, até que o problema fosse solucionado em definitivo. 
 
Em caso de descumprimento dessas “promessas”, o Sindicato fará  denúncia do caso ao Ministério Público do Trabalho (MPT), e tomará outras providências até que o banco garanta um ambiente de trabalho seguro e saudável para os funcionários, clientes e usuários.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS