BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CONGRESSO INTERNACIONAL: Alunos da Faculdade Sapiens apresentam trabalho de tecnologia na educação

A realidade virtual substitui completamente o mundo físico do usuário por um mundo virtual fabricado

ASSESSORIA

25 de Agosto de 2020 às 08:40

Foto: Divulgação

O 3º Congresso Internacional Rede de Cooperação Interinstitucional em EaD acontecerá nos dias 27 e 28 de agosto e contará com a participação de alunos da pós-graduação de Metodologias Ativas e Práticas Inovadoras da Faculdade Sapiens, que apresentarão trabalho sobre as possibilidades e contribuições da realidade estendida para o processo educacional.
 
"A realidade estendida é uma mistura da realidade mista, da realidade virtual e da realidade aumentada. Usando isso no conceito educacional, as aulas poderiam ser bem mais dinâmicas e interativas", explica Liberalina Silva, uma das autoras do estudo junto com Samuel dos Santos, Ângela Ferreira e Evanderson Sousa.
 
A realidade virtual substitui completamente o mundo físico do usuário por um mundo virtual fabricado. A realidade aumentada complementa o mundo físico com elementos digitais, sem possibilidade de interação. A realidade mista sobrepõe o mundo físico do usuário com elementos digitais, contudo, em forma de hologramas e com a possibilidade de interação.
 
No ensino fundamental e médio, a realidade estendida poderia projetar hologramas, usando óculos de realidade virtual para visualizar períodos antigos, guerras, animais já extintos e outras possibilidade.
 
"No ensino superior os alunos de engenharia poderiam, por exemplo, visitar uma obra virtualmente, ver construções históricas como a pirâmide do Egito ou a Torre Eifel. Pode parecer distante, mas essa realidade está cada vez mais próxima”, conclui Liberalina.
 
"Esse é o resultado do que buscamos na nossa pós de Metodologias Ativas e Práticas Inovadoras, que é formar profissionais preocupados com as novas formas de ensino e que consigam gerar inovação por meio de tecnologias”, explica a diretora acadêmica da Faculdade Sapiens, Chirlany Mendanha.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS