BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

UPA SUL: 'Prefeito tem que tomar vergonha na cara', diz mulher revoltada

Caos total na UPA Sul e família de cadeirante doente denuncia que servidores só atenderam o homem após a chegada da PM

Rondoniaovivo

01 de Agosto de 2020 às 09:48

Atualizada em : 01 de Agosto de 2020 às 09:49

Foto: Divulgação

 

Uma noite de terror e confusão foi vivida, na noite da última sexta-feira (31), por um paciente cadeirante que estava doente e a família dele. Eles procuravam atendimento para homem na Unidade Pronto Atendimento, na zona Sul, da capital.

 

A família denunciou a demora no atendimento para o cadeirante. Eles também disseram que foram mal tratados por funcionários da unidade de saúde, comandada pela Prefeitura de Porto Velho. Revoltados, foi necessária a presença da Polícia Militar para controlar a situação.

 

“O prefeito tem que tomar vergonha na cara e vir aqui (UPA Sul), pois na hora de pedir votos e prometer mundos e fundos, ele sabe”, disse a filha do cadeirante, mandado um recado para o prefeito Hildon Chaves. 

 

O repórter William Ferreira Homem do Tempo, esteve na UPA Sul, e conversou com os familiares do cadeirante sobre a situação.

 

Veja o vídeo: 

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS