BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

DA UEL: Professor e acadêmicas da Unesc são selecionados para projeto de pesquisa

O estudo será permeado pela discussão dos impactos socioeconômicos das indenizações, além do escopo da responsabilidade civil quanto ao seu papel na tutela de direito e interesses

ASSESSORIA

29 de Julho de 2020 às 15:38

Foto: Divulgação

Um professor e duas acadêmicas do 5° período do curso de Direito oferecido pela Unesc, em Vilhena, foram aprovados e selecionados como membros de um Grupo de Pesquisas focado na “Responsabilização Civil e Dano”, coordenado pela doutora Ana Cláudia Zuin Mattos do Amaral, professora vinculada à graduação, mestrado e doutorado em Direito da UEL – Universidade Estadual de Londrina (PR).
 
O Grupo de Pesquisa integra membros de todo o país, incluindo mestrandos e doutorandos e, durante o projeto atual, se debruça sobre a busca por critérios, parâmetros e instrumentos para fixação do “quantum indenizatório”, o valor da indenização, algo que se mostra um dos temas e assuntos mais inquietantes da Responsabilidade Civil. O estudo será permeado pela discussão dos impactos socioeconômicos das indenizações, além do escopo da responsabilidade civil quanto ao seu papel na tutela de direito e interesses.
 
O coordenador do curso de Direito da Unesc, Vitor Marçal, foi quem primeiro fez a inscrição e acabou inspirando as acadêmicas Dominik Cristina Martins e Rhadylen Micaelly Gualberto de Camargo, que seguiram o exemplo do professor e também se inscreveram no Processo Seletivo. A aprovação dos três na seleção do Grupo de Pesquisas da UEL, uma das mais conceituadas instituições de ensino do sul do país e de todo o Brasil, foi recebida com muito entusiasmo por toda a Unesc.
 
“A nossa responsabilidade será gigante, pois enxergo que não se trata somente de uma vinculação pessoal, mas institucional. Vejo, após a aprovação, UNESC e UEL como parceiras de pesquisa e ensino. Fico muito feliz, pois as acadêmicas também se entusiasmaram e se inscreveram nesta seleção. Recebemos com extrema felicidade esta aprovação, pois se trata de um dos principais grupos de pesquisa na área jurídica da UEL, possuindo professores, mestres, doutores e acadêmicos da graduação e pós-graduação das maiores instituições de ensino do Brasil”, destacou o coordenador do curso de Direito da Unesc, Vitor Marçal.
 
Para Dominik, que decidiu guiar a sua pesquisa em relação “A parametrização do quantum ressarcitório e suas peculiaridades quanto às singularidades de algumas espécies de danos extrapatrimoniais”, a oportunidade já é muito valiosa. “É muito gratificante obter a aprovação, principalmente no grupo de pesquisa da Prof.ª Dra. Ana Cláudia. Ainda mais diante de todos os seus trabalhos realizados e também dos diversos elogios que chegaram até mim. Espero contribuir com o meu conhecimento e sei que esse grupo de pesquisa irá me proporcionar futuras oportunidades de aprendizado”, ressaltou a estudante de Direito da Unesc.
 
Já para a acadêmica Rhadylen, que em sua pesquisa tem focado “Entre a individualidade e a coletividade: A fixação do quantum ressarcitório no dano extrapatrimonial coletivo e seus critérios diferenciadores do dano extrapatrimonial individual”, a chance.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS