BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

AÇÃO ILEGAL: Seas alerta população sobre falso cadastro para distribuição de cestas básicas

“Pedimos à população que denuncie”, disse a secretária

ASSESSORIA

28 de Abril de 2020 às 11:15

Atualizada em : 28 de Abril de 2020 às 11:19

Foto: Divulgação

Ao tomar conhecimento de que uma líder comunitária da Zona Leste de Porto Velho estaria realizando cadastro de famílias para distribuição de cestas básicas pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), inclusive com anotação do número do Título de Eleitor, a secretária Luana Rocha alerta a população de todo o Estado de Rondônia para que não forneça seus dados, mesmo que se trate de uma pessoa conhecida na comunidade, pois as ações sociais da Assistência Social são amplamente divulgadas e não necessitam do Título de Eleitor, que se configura como prática ilegal, quando se trata de serviços prestados com recursos públicos.
 
“Pedimos à população que denuncie, caso alguém peça o número do Titulo de Eleitor ao chegar em sua casa falando em nome da Seas sobre distribuição de cestas básicas ou outros benefícios sociais”, disse a secretária, reforçando para quem presenciar alguma prática dessa natureza que ligue para o número 190 informando o fato à Polícia Militar.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS