BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

MULHERES: Estado celebra neste domingo a sensibilidade e o talento da mulher rondoniense

Na Seas, secretaria em que a primeira dama atua com o apoio da professora Liana Silva de Almeida Lima

ASSESSORIA

07 de Março de 2020 às 08:51

Foto: Divulgação

Marcada por uma sabedoria inconfundível, própria de quem tem Deus em sua composição espiritual, em sua grandeza e beleza, a Mulher que tem o 8 de março como seu Dia, deveria ter todos os dias dedicados a ela, pela genialidade, força e coragem.

 

Como não podia ser diferente, o Governo de Rondônia presta neste dia todas as homenagens às mulheres rondonienses, e cá para nós, motivo é o que não falta, ante às inúmeras personalidades femininas que embelezam e dignificam a gestão pública estadual com talento, inteligência e amor, marcas que espalham um colorido nas diversas áreas da Administração, dando segurança e dinâmica aos atos de cada setor por onde atuam, demonstrando o melhor do ser humano em fazer o melhor para o universo que o rodeia (sociedade) com os melhores exemplos de uma governança pública moderna e de bons resultados.

 

Independentemente de seus aspectos físicos, de sua crença, raça, cor e de qualquer outro fator que sobrepõe à sua vida, a mulher carrega em si a capacidade infinita, a vida e o amor sem limites, como quem anda plena, de braços com Deus, desbravando e construindo um mundo novo, onde todos – homens e mulheres – possam viver o dom de amar, de ser felizes, sem guerra, conflito e em plena harmonia com a natureza, gerando as melhores alternativas para o desenvolvimento da humanidade com projetos, ideias e iniciativas sustentáveis que considere o princípio hierárquico “Deus, Natureza e Homem” como estratégia basilar e fundamental para o desenvolvimento e o progresso seguro da humanidade. Um pensamento macro que permeia a vida da mulher.

 

O retrato dessa mulher grandiosa que baseia sua vida no amor e nas boas práticas humanitárias também permeia o pensamento de tantos. Na visão da filósofa existencialista e escritora francesa Simone de Beauvoir “No dia que for possível à mulher amar em sua força e não em sua fraqueza, não para fugir de si mesma, mas para se encontrar, não para se renunciar, mas para se afirmar, nesse dia o amor tornar-se-á para ela, como para o homem, fonte de vida e não perigo mortal. Um primor de entendimento que tange para longe qualquer resquício de sentimento ideológico, por incrível que possa parecer”.

 

O mundo mudou bastante e é preciso desprendimento para acompanhar tantas mudanças. Neste ponto, em que pese o conceito histórico que insiste em empurrar a mulher e toda sua capacidade para uma vida de submissão ao homem, há quem sempre enxergou a mulher (de sempre) como um ser iluminado, dotado de sabedoria, amor, vida, provisão, alegria e harmonia infinitos, que completa e orienta a vida do homem (ser masculino), e sem o qual os projetos de felicidade e prosperidade tornam-se mais difíceis de serem alcançados, segundo orientação do filósofo japonês, o professor doutor Masaharu Taniguchi.

 

MARCA DA MULHER RONDONIENSE

 

A administradora e primeira dama do Estado Luana Rocha comanda a Seas, uma das mais importantes secretarias do Executivo

 

Rondônia, sem exagero, parece ter compreendido muito bem o universo feminino, e o Governo do Estado para melhorar sua própria capacidade de gestão abriu oportunidades para o talento das mulheres rondonienses, e assim designou figuras de destaque na Administração Pública, para atuar em áreas estratégicas da gestão estadual, melhorando os níveis de satisfação da sociedade com um feedback espetacular, atribuído à qualificação profissional, à coragem e à sensibilidade da mulher para tomar decisão e executar os melhores projetos para o Estado, que levam em conta o zelo, a lisura e o interesse público.

 

São muitas as mulheres rondonienses atuando em cargos de comando e de importância estratégica no Governo de Rondônia, a começar pela administradora e primeira dama do Estado, Luana Rocha, que comanda uma das mais importantes pastas da Administração Estadual, a Secretaria de Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), e que lidera um grupo de grandes mulheres, profissionais e intelectuais nas mais diversas áreas da Administração, que estão transformando ou mudando o velho conceito de governar por um moderno e inteligente projeto de governança pública, que humaniza e potencializa suas ações, de modo que elas rendam os melhores e maiores resultados.

 

Na Seas, secretaria em que a primeira dama atua com o apoio da professora Liana Silva de Almeida Lima, sua secretária adjunta, são muitos os programas e iniciativas em defesa e pela valorização da mulher, assim como, pela cidadania rondoniense, em que se destacam os importantes projetos em áreas como saúde, a exemplo do apoio que dá ao Barco Hospital Walter Bártolo, no atendimento a milhares de mulheres e famílias ribeirinhas, da Carreta Assistencial, e na parceira fundamental com o Hospital do Amor da Amazônia, com quem tem realizado uma série de atendimentos, e agendamento de exames como papanicolau e mamografia de prevenção aos cânceres de colo de útero e mama. Da mesma forma, com a Secretaria da Segurança e Defesa da Cidadania (Sesdec), a quem repassou R$ 700 mil, em apoio a projetos que se destinam a ampliar a política de segurança da mulher.

 

Segundo a titular da Seas, Luana Rocha, são muitas as iniciativas do Governo em defesa e proteção da mulher, aspectos que segundo suas palavras, dignificam o Governo Marcos Rocha, pelo reconhecimento e valorização do talento feminino de Rondônia. “A sociedade precisa saber que o governador tem o maior respeito e valoriza muito a mulher rondoniense”, disse destacando a parceria com os municípios no financiamento de programas como Criança Feliz+ e Mamães Cheguei, que integram o Plano Estadual da Primeira Infância Crescendo Bem, desenvolvido e coordenado por sua Secretaria.

 

SHOW DE GESTÃO

 

Nessa senda de mulheres Nota 10 da Administração Estadual, outros nomes sobressaem como resultado da sensibilidade e do talento para administrar. No Departamento Estadual de Trânsito (Detran), por exemplo, outra mulher é símbolo de determinação, talento e visão moderna na Administração Pública. Trata-se da professora Benedita Oliveira (diretora adjunta), que aposta todas as suas fichas num grande projeto de Educação para o Trânsito. Segundo ela, só a educação será capaz de produzir um trânsito mais humano e seguro, com baixos índices de acidentes e mortes, assertiva que tem o apoio do diretor-geral da autarquia, coronel Neil Gonzaga e do governador Marcos Rocha.

 

A professora Benedita Oliveira, diretora adjunta do Detran, é outro exemplo de talento feminino na Administração Pública de Rondônia

 

Realmente é impossível citar todas as grandes figuras femininas do Governo de Rondônia e seus feitos, assim como é impossível deixar de citar a jornalista Cíntia Xavier, diretora de conteúdo da Superintendência de Comunicação (Secom), as delegadas Alessandra Marcela (adjunta da Polícia Civil) e Ana Júlia Frazão (adjunta da Polícia Técnica), Katiane Maia (adjunta da Secretaria da Saúde), Ana Flora e Tânia Medeiros, (Direção da Agência de Vigilância em Saúde – Agevisa) e Stella Ângela e Maria Orli (titular e adjunta respectivamente do Centro de Medicina Tropical de Rondônia – Cemetron).

 

Da mesma forma outros órgãos importantes da Administração Pública Estadual são igualmente gerenciados por grandes mulheres, a exemplo da Policlínica Oswaldo Cruz, que tem Cinara Messias e Irani Marques como gestora titular e adjunta. Maria Rejane Sampaio e Universa Lagos, comandam o Instituto de Previdência (Iperon) como titular e adjunta, Ciciléia Correia, no comando do Laboratório Central (Lacen), Adir Josefa de Oliveira, presidente do Instituto de Desenvolvimento da Educação Profissional (Idep), Helena Campanari (Cerimonial), Hellen Reis de Araújo Trindade (Diretoria Técnica Legislativa – Ditel – Casa Civil),  e Raimunda Alves, da Coordenação da Central de Atendimento ao Cidadão – Tudo Aqui, entre outras personalidades femininas, que dão segurança, dinamismo e beleza à gestão pública do Estado de Rondônia.

 

Afora a sensibilidade do Governo de Rondônia que enxerga na mulher talento e capacidade suficientes para atender bem às expectativas da sociedade, é de se notar que com o tempo a mulher vem conquistando espaços cada vez maiores e ampliando seus direitos no universo social. Nesta senda (para não dizer luta) elas seguem demonstrando toda sua força e poder neste desafio de trabalhar contra as desigualdades. Antecipar a este projeto de luta e dar oportunidade é o grande trunfo do Governo de Rondônia, que passa a ter o reconhecimento tanto das mulheres como das instituições, ao revelar e conjugar bem charme, beleza e delicadeza com talento e força capaz de mover o mundo, sem exagero.

 

O professor Masaharu Taniguchi, em sua obra A Verdade da Vida descreve a mulher como um ser iluminado, pleno de capacidade infinita, destacando que, embora seus dons inatos sejam o amor, a elegância, a meiguice e a pureza, do ponto de vista material, a mulher dos novos tempos é infinitamente maior e não depende do homem, por isso é importante que ela se esforce para desenvolver seu talento interior como meio para obtenção da prosperidade plena, mas sem a intenção de concorrer ou lutar contra o homem, pois este fato contraria a natureza de todo ser humano. “Todos somos um”, afirma.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS