BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CRUELDADE: Filhote de pitbull é furtado e queimado com água fervente na capital

Chamado Ragnar, o cão Pitbull está melhorando e precisa da sua ajuda

DA REDAÇÃO - João Paulo Prudêncio

06 de Março de 2020 às 11:27

Foto: Divulgação

Um caso de crueldade contra animal e possível estelionato foi denunciado na Polícia Civil do estado de Rondônia, após o furto de cachorro da raça Pitbull de apenas quatro meses no último dia 24 de fevereiro no bairro Jardim Santana, zona Leste de Porto Velho.

 

De acordo com os proprietários, Rebeca Pessoa e Izaildo Andrade, o animal foi repassado a um vizinho após eles mudarem de endereço e não terem como leva-lo.

 

“Após isso ficou tudo tranquilo, o vizinho sempre mandava fotos do cachorro, porém houve o furto e após isso ficamos sem notícia do cachorro, a suspeita era de que dois homens em uma moto haviam levado ele”, disse Rebeca Pessoa.

 

 

 

Alguns dias depois, o casal ficou sabendo através das redes sociais que uma mulher estava arrecadando recursos em uma vaquinha virtual para tratar um pitbull queimado por água fervente, ao buscar mais informações o casal descobriu que se tratava do cachorro deles.

 

“Quando fomos conversar com essa mulher ela nos informou que havia trocado o seu celular pelo cachorro com dois homens que passavam em uma rua da zona Leste com ele embrulhado em um lençol”, afirmou Rebeca Pessoa.

 

Segundo o casal, o fato é que o cachorro não estava sendo tratado e o dinheiro arrecadado para essa utilidade não foi declarado, motivo pelo qual ele foi tomado dessa mulher.

 

A reportagem tentou contato com a mulher que supostamente receptou o cachorro furtado, porém o telefone registrado por ela no cadastro da clinica veterinária estava desligado.

 

Ajude

 

Chamado Ragnar, o cão Pitbull está melhorando, agora sob a tutela de seus originais donos, segue melhorando em sua recuperação e precisa da sua ajuda.

 

Quem tiver interesse pode entrar em contato com a proprietária através do telefone (69) 8111-7675.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS