BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Governo do estado envia medicamentos para atender vítimas de enchentes

Governo do estado envia medicamentos para atender vítimas de enchentes

Da Redação

01 de Abril de 2015 às 12:25

Foto: Divulgação

O governo de Rondônia recebeu do Ministério da Saúde (MS) nesta quarta-feira (1), oito kits de medicamentos e insumos estratégicos para atender os municípios de Buritis e Pimenta Bueno, os mais atingidos pela cheia deste ano no Estado.

No total, 4172 pessoas foram atingidas pela cheia nas duas cidades. Considerando que cada kit possui 100 quilos de medicamentos e insumos, toda área atingida terá cobertura por 90 dias, segundo cálculos realizados pelo setor de planejamento da Agevisa.

O repasse foi feito pelo MS, em resposta a uma ação política feita pelo secretário estadual de Saúde, Williames Pimentel, e pela diretora da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Arlete Baldez. A estimativa é que pelo menos oito mil pessoas sejam atendidas com medicamentos e materiais como gazes, esparadrapo, seringas, entre outros, explica o secretário.

De acordo com o secretário, parte dos remédios será destinada à população ribeirinha que foi removida. Uma força-tarefa formada por técnicos do governo de Rondônia e prefeituras faz, diariamente, um balanço do número de famílias atingidas.

Arlete Baldez destaca o apoio dado aos municípios pelo governo de Rondônia. Ela confirmou que, com o repasse feito, todas as pessoas atingidas pela enchente até o momento, têm garantia de medicamentos por pelo menos 90 dias.

Além das cotas destinadas às cidades, mais 200 quilos serão mantidos em reserva técnica, para atender a uma possível emergência em outra localidade.

CUIDADO COM ÁGUA

Uma das preocupações dos técnicos da Agevisa é com o risco da população consumir água contaminada. Além dos kits com medicamentos e insumos, o  governo do estado entregou mais de oito mil frascos de hipoclorito de sódio.

A solução de hipoclorito de sódio pode ser empregada no tratamento da água para consumo humano ou para higienização de frutas e verduras. O objetivo desta ação é evitar doenças causadas pelas enchentes, como leptospirose, diarreias, infecções, doenças de pele, entre outras.

O secretário Williames Pimentel afirmou que o estado vai disponibilizar caminhões para levar os medicamentos e insumos aos municípios.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS