BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Taxistas participam de curso de capacitação oferecido pelo Detran

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Rondônia iniciou, em atendimento a legislação federal, o curso de formação para 300 taxistas que atuam em Ji-Paraná. A capacitação ocorre durante três dias nas dependências da Escola Estadual Carmem Rocha Bo

Da Redação

23 de Março de 2015 às 16:45

Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de Rondônia iniciou, em atendimento a legislação federal, o curso de formação para 300 taxistas que atuam em Ji-Paraná. A capacitação ocorre durante três dias nas dependências da Escola Estadual Carmem Rocha Borges, no bairro 2 de Abril.

A mesma capacitação será aplicada pelo Detran em todas as cidades rondonienses. Em Ji-Paraná os 300 taxistas credenciados foram divididos em duas turmas. A primeira foi destinada aos que dirigem táxis com placas com o final par. No próximo final de semana será a vez da outra metade, segundo informa a programação da Escola Pública de Trânsito (EPTRAN), do Detran.

O curso é obrigatório e após a conclusão o taxista recebe uma carteira com validade de cinco anos. Depois deste período o taxista precisa passar por reciclagem. A Empresa Municipal de Trânsito Urbano (EMTU) de Ji-Paraná será a fiscalizadora dos taxistas.

Sirlei dos Santos Moraes Hetkowske é permissionária de táxi há 12 anos, mas quem assume a função de taxista é o marido, o filho e um motorista auxiliar. “Esporadicamente faço corridas, porém entendo que é importante essa capacitação porque preciso ficar apta. Ninguém sabe o dia de amanhã”, disse ela, animada no primeiro dia de aula.

O taxista Anquimar dos Reis vai participar da capacitação no próximo final de semana porque o táxi dele tem placa final ímpar. “Primeiro, precisamos estar legalizados na profissão. Segundo, porque podemos trabalhar legalmente em todo o Brasil. E, terceiro, porque o curso é barato”, enumera Reis. O curso custa R$ 56,00.

O curso para os taxistas obedece à Resolução Nº456/2013 do Conselho Nacional do Trânsito (Contran), que estabelece na grade curricular aulas sobre relações humanas, direção defensiva, noções de primeiros socorros, mecânica básica e elétrica básica. “Vamos reforçar aos taxistas a importância de que eles saibam orientar e conduzir com maior fineza os passageiros, especialmente os turistas, aos pontos turísticos, hotéis, restaurantes, casas noturnas, eventos, igrejas, etc.”, assinalou o diretor-geral adjunto Antônio Rebello.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS