BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

Porto Velho bate recorde de empregos em janeiro

Porto Velho bate recorde de empregos em janeiro

Da Redação

19 de Fevereiro de 2010 às 18:19

Foto: Divulgação

A construção civil não ocupa mais o terceiro lugar em geração de empregos em Porto Velho. Agora aparece em primeiro, que até 2008 pertencia ao setor do comércio. Dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) apontam um crescimento recorde de ocupação de vagas no mês de janeiro passado. Foram 5.351 contratações, sendo 2.536 no setor da construção civil. No mesmo período de 2008, o total de contratados em todos os segmentos não chegou a dois mil.
 
O diretor do Departamento de Trabalho e Qualificação do Sine Municipal João Marcos Felippe Mendes diz que este ano realmente começou com uma grande procura por mão-de-obra no órgão ligado à secretaria municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur). Ou seja, não foram apenas os desempregados que procuraram o Sine, as empresas também buscaram profissionais principalmente para as áreas da construção civil e serviços.
 
E o Sine Municipal teve mão-de-obra para oferecer. Um pouco mais de 20% das pessoas que participaram de cursos de qualificação oferecidos pela Semdestur em parceria com o MTE foram contratadas em janeiro. De acordo com João Marcelo, o percentual aceitável de empregos gerados por cursos de qualificação é de 10 a 15%.
Entre os cursos que qualificaram e empregaram estão os de servente de obras, pintor de paredes, armador de ferragem, eletricista predial, departamento pessoal, auxiliar de laboratório e camareira.
 
Em 2009
 
Durante o ano passado, no Sine Municipal cadastrou 7.593 trabalhadores, sendo que o mercado ofereceu 898 vagas de empregos. O órgão encaminhou 2.912 candidatos às empresas solicitantes, 642 foram contratados. Além destes, segundo o diretor, 350 babás e domésticas e 149 diaristas foram efetivadas.
 
O Sine está localizado à rua José do Patrocínio, 852, Centro e funciona das 8h às 14h de segunda a sexta-feira.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS