ESPAÇO ABERTO: Querosene aumenta de novo e viajar de avião deve ficar ainda mais caro

ESPAÇO ABERTO: Querosene aumenta de novo e viajar de avião deve ficar ainda mais caro

Foto: Divulgação

O AUMENTO NOSSO DE TODA SEMANA
 
A Petrobras anunciou, nessa quarta-feira (1º/6), mais um reajuste do querosene de aviação (QAV) nas refinarias. O aumento pode chegar a até 11% em comparação à cotação do mês de maio. Com a nova correção, as passagens áreas são pressionadas e também podem ficar mais caras aos consumidores.
 
PASSOU DE 60%
 
De acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), o preço do litro do QAV acumula alta de 64,3% só no primeiro semestre deste ano.
 
PAPAGAIADA
 
Um dos gerentes que mandam na Petrobras, definindo inclusive sua política de preços e lucros sem limites, contou uma asneira  na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, na tarde de quarta. Deixou deputados abismados ao afirmar que a Petrobras “mantém equilíbrio nos preços”.
 
FISCALIZAÇÃO
 
Por falar em combustíveis , o Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia- Ipem/RO realizou a fiscalização em 144 bombas de combustíveis, em municípios da região do Vale do Jamari. Teve inspeção nas cidades de Buritis, Campo Novo de Rondônia e Monte Negro.
 
 
SEM NOVIDADE
 
Não foi encontrada nenhuma irregularidade. A ação tem o objetivo de evitar que o consumidor seja lesado no ato da compra de combustível para o seu veículo.
 
DENÚNCIA
 
O consumidor que encontrar ou suspeitar de alguma irregularidade em postos de combustíveis, pode informar à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou pelo telefone 0800 647 7277.
 
DOAÇÃO
 
Integrantes do Sistema Fecomércio-RO/Sesc/Senac/IFPE que coordenam o Programa Ecos de Sustentabilidade em suas respectivas casas, entregaram à Associação Voluntária de Combate ao Câncer (AVCC), mais de 150 kg de recicláveis (tampas de plástico e alumínio) que serão vendidos e convertidos em benefícios aos atendidos pela associação. 
 
 
CAMPANHA
 
Mesmo duranta e pandemia a solidariedade não parou. O volume de doações que estava em 36 kg em 2019 passou para mais de 150 kg em 2022.
 
DIVERSIFICAÇÃO 
 
Além das tampinhas de plástico e lacres de metal o programa Ecos também faz reciclagem de todo o papel gerado pelo sistema. 
 
INCENTIVO
 
O Sistema Fecomércio-RO/Sesc/Senac/IFPE no Ano de 2021, incentivou através do Programa ECOS de Sustentabilidade a participação dos colaboradores em ações internas que contribuíram com a diminuição de resíduos.
 
 
PRÁTICA
 
Em 2021, as estratégias utilizadas pelo Sistema Fecomércio-RO foram a participação dos colaboradores em  palestras, fóruns e seminários sobre sustentabilidade no formato híbrido (on-line e presencial); apoio ao Fórum Internacional de Sustentabilidade do SEBRAE;  Reuniões por web conferência promovida pela CNC; Participação dos colaboradores em Campanhas Internas de Conscientização Ecológica; Criação do Cantinho ECOS na Federação entre  outros incentivos.
 
EXEMPLO
 
Falando em sustentabilidade, a empreendedora Thalia Souza Silva, de Porto Velho, adotou práticas sustentáveis em sua loja Stillo Fitness e Praia (@stillofitnessepraia). Thalia recebeu orientações do Sebrae e se capacitou, tendo vários insights.
 
EXEMPLO 2
 
A partir daí, desenvolveu uma estratégia que evidencia sua preocupação ambiental, aliada a uma estratégia de vendas que se destaca. Ela adotou descontos para seus clientes que abrem mão de utilizar as sacolas plásticas em suas compras.
 
EXEMPLO 3
 
Thalia  desenvolveu uma sacola sustentável que pode ser reutilizada pelos clientes, uma iniciativa amigável e que engaja e fideliza os clientes. A medida tem sido vista com muita simpatia pelos clientes e, claro, adotada pela maioria das pessoas que vão até a loja de Thalia.
 
 
ENTENDIMENTO
 
Para o Sebrae, a sustentabilidade no varejo não é somente uma forma de proteger o meio ambiente, é também uma possibilidade de atrair clientes mais jovens, aumentar a fidelidade de longo prazo e gerar mais valor.
 
INFORMAÇÕES
 
Saiba mais sobre as ações do Sebrae acessando o site www.sebrae.ro ou ligando gratuitamente para 0800 570 0800. Você também pode acessar o Sebrae pelo WhatsApp pelo mesmo número. Siga o Sebrae em Rondônia nas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e YouTube (@sebraero).
 
APERFEIÇOAMENTO
 
45 professores da rede municipal de educação iniciaram nessa semana o curso de Mestrado em Educação custeado pela prefeitura de Porto Velho. O prefeito Hildon Chaves informou que o curso é capes 5. “É top. Uma das melhores formatações de mestrados no país”, comentou. 
 
 
INVESTIMENTO
 
A prefeitura está investindo quase R$ 4 milhões no Mestrado dos professores, que tem duração de 24 meses. Este é o primeiro mestrado em educação que a prefeitura de Porto Velho oferece aos professores da rede municipal. 
 
SELEÇÃO
 
Os beneficiados pelo projeto participaram de um processo seletivo para que pudessem ter direito às vagas. Pelo menos 500 professores participaram do certame.
 
MAIS OPORTUNIDADES
 
Hildon Chaves relatou que serão abertas outras turmas de mestrado com professores do município, inclusive a perspectiva é de que haja também turmas de doutorado, tudo financiado pela prefeitura de Porto Velho.
 
 
QUALIFICAÇÃO
 
Durante conversa com professores na aula inaugural do mestrado, o prefeito disse que seu objetivo é ampliar o processo de estruturação da rede municipal de ensino, fortalecendo os níveis de capacitação dos educadores. 
 
DE FORA
 
Temas políticos não entraram no Top 5 dos assuntos mais procurados na internet no Brasil, durante toda a última semana, segundo a ferramenta Google Trends, que avalia quais assuntos estão “bombando” online.
 
PRESENTE
 
O ministro do STF Nunes Marques devolveu ontem, no fim da tarde, o mandato do deputado estadual bolsonarista Fernando Francischini, do União Brasil do Paraná, cassado em outubro do ano passado pelo Tribunal Superior Eleitoral por propagar desinformação contra as urnas eletrônicas. Francischini foi o primeiro parlamentar condenado por fake news contra as urnas.
 
 
PRESENTE 2
 
A decisão é monocrática. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o mandato de Francischini e tornou o bolsonarista inelegível por oito anos, atendendo a um pedido do MP Eleitoral. No dia do primeiro turno do pleito de 2018, o então candidato fez live em seu Facebook, com ataques sem provas e com informações falsas contra o sistema eleitoral.
 
ENTENDIMENTO
 
No julgamento, ministros deram recados duros sobre o tema. “É um precedente muito grave que pode comprometer todo o processo eleitoral se acusar, de forma inverídica, a ocorrência de fraude e se acusar a Justiça Eleitoral de estar mancomunada com isso”, declarou o ministro Luís Roberto Barroso.
 
AMIGÃO
 
O governo tem laço com o parlamentar condenado: o ministro da Justiça, Anderson Torres, foi chefe de gabinete de Francischini em 2010, quando era deputado federal.
Direito ao esquecimento

Você acredita que candidatos evangélicos são realmente ungidos de Deus ou são “ungidos” do pastor?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS