ESPAÇO ABERTO: Bradesco é condenado a indenizar cliente que foi retirada do banco pela PM

ESPAÇO ABERTO: Bradesco é condenado a indenizar cliente que foi retirada do banco pela PM

Foto: Divulgação

 

SENTENÇA

O Juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Porto Velho condenou o Bradesco a indenizar uma cliente no valor de 5 mil reais por danos morais, assim como devolver o valor de R$ 1.940.70 centavos relativos a um consórcio.
 
CASO
 
A cliente teria ido à agência reclamar da não ativação de um consórcio após 4 meses da assinatura do plano. A mulher contou ao juiz que teria sido mal atendida e retirada do banco pela PM.
 
DANO
 
O uso de força policial para um ato corriqueiro, já que se tratava de uma simples reclamação de cliente insatisfeito, foi o que gerou o dano moral. Segundo a sentença, é incontestável o nexo de causalidade entre o evento danoso e a conduta do Bradesco, pois foram os funcionários do banco que acionaram a Polícia Militar para retirar a cliente da agência.
 
VERGONHA
 
Outro fato apontado pela Justiça, foi a comprovação de situação vexatória enfrentada pela cliente, que teria ficado mais de uma hora para ser atendida na busca de cancelar o consórcio.
 
COMPLEMENTO
 
Ainda sobre o dano moral, a sentença fala que a situação danosa ultrapassou o mero dissabor, uma vez que expôs a pessoa a uma situação constrangedora e humilhante, mediante a retirada do local pela polícia. O fato ocorreu no dia 12 de novembro de 2020.
 
OUTRO LADO
 
O Bradesco não se pronunciou oficialmente sobre o caso. A coluna não conseguiu contato com a gerência do banco.
 
ALERTA
 
Todas as previsões indicam que o mês de abril deverá ter muita chuva com fortes temporais. Por isso, o novo filme da Energisa alerta para o perigo dos alagamentos.
 
REDE ELÉTRICA
 
É preciso ficar atento à vazão dos rios nesse período. Isso porque, as chuvas do mês passado se concentraram nas cabeceiras e provocaram alta no nível dos rios e alagamentos em alguns pontos, que ainda não recuaram.
 
MONITORAMENTO
 
A situação é acompanhada em tempo real no Centro de Operações Integrada (COI) da Energisa em Porto Velho. Os  fatores climáticos podem afetar o fornecimento de energia e exigem também a atenção dos clientes para evitar acidentes.
 
CONSEQUÊNCIAS
 
Lenildson Santos, coordenador de Saúde e Segurança da Energisa em Rondônia, explica que descargas elétricas podem provocar curto-circuito e falta de energia. Assim, como os ventos que quebram galhos e provocam quedas de grandes árvores que rompem os cabos de energia.
 
PRONTIDÃO
 
A previsão climática auxilia a Energisa a estar pronta para atuar, porém, ocorrem desafios que surgem com as chuvas. Os mais comuns são atoleiros e alagamentos das vias, especialmente nas áreas rurais, dificultando a chegada das equipes de manutenções em áreas mais distantes.
 
 
AGILIDADE 
 
O monitoramento em tempo real foi importante durante os alagamentos registrados no interior do estado em março. Equipes técnicas tiveram  que  percorrer de barco os pontos alagados avaliando se havia risco elétrico e orientando a população.
 
PARCERIA
 
A atuação conjunta com a Defesa Civil avaliou a necessidade do desligamento do fornecimento nos casos emergenciais. A empresa lembra que a água é um condutor de eletricidade, por isso, alerta os moradores a continuarem atentos às orientações sobre os cuidados com a rede elétrica. 
 
Acompanhe o filme e veja todo o aparato que é mobilizado em dias de temporal e muita chuva:
 
 
 
 
EMERGÊNCIA
 
Reforçando que o plantão da Energisa está disponível 24 horas por dia no WhatsApp Gisa (69) 9358-9673, aplicativo Energisa On,  www.energisa.com.br ou call center 0800 647 0120.
 
QUALIFICAÇÃO
 
O Programa “Senai vai até você” teve importante participação no município de Alto Paraíso, onde mais uma vez, em parceria com a Prefeitura e Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas), qualificou e formou 20 jovens para o mercado de trabalho.
 
CERTIFICADOS
 
Foram entregues os certificados para quem concluiu o curso Qualificação em Montador e Reparador de Computadores. Durante o curso, com carga horária de 160 horas, os alunos aprenderam a executar, montar e realizar manutenção de computadores, a instalação e configuração de periféricos, além de montar, instalar, configurar e requalificar microcomputadores, aplicando normas técnicas, de qualidade e de saúde e segurança.
 
PROVAS
 
Serão aplicadas no próximo domingo (10) as provas do processo seletivo simplificado (PSS) do Censo Demográfico 2022. Os candidatos às vagas de recenseador farão a prova no período da manhã. Já os candidatos a agente censitário municipal (ACM) e agente censitário supervisor (ACS) no período da tarde. 
 
MAIS DE 1700
 
Em Rondônia, serão selecionados 1.509 recenseadores e 224 agentes censitários municipais e supervisores, distribuídos em todos os municípios do estado. O cartão de confirmação da inscrição com o local de prova já está disponível para consulta no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa organizadora da seleção.
 
 
DOCUMENTOS
 
No dia da prova, o candidato deve levar o comprovante de inscrição, um documento de identidade original com foto e caneta esferográfica de cor preta ou azul, fabricada em material transparente. O IBGE recomenda que o candidato conheça o local com antecedência e chegue, pelo menos, uma hora antes do início da prova.
 
HORA BRASÍLIA
 
A prova para recenseador será aplicada às 9h (horário de Brasília) e terá três horas de duração. Os candidatos farão uma prova objetiva, de caráter eliminatório.
Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS