ESPAÇO ABERTO: Vereador filho de prefeito consegue reajuste salarial de 70% pro pai

ESPAÇO ABERTO: Vereador filho de prefeito consegue reajuste salarial de 70% pro pai

Foto: Divulgação

 

INFLAÇÃO

Diferente dos pobres mortais que são obrigados a se conformar com os vencimentos que recebem, as câmaras de vereadores tem autonomia para mudar o que achar que estiver errado. Isso incluiu melhoria nos próprios salários.
 
INFLAÇÃO 2
 
Em Ji-Paraná, em uma votação cheia de vaias e bate boca, os vereadores mostraram inconformismo com a inflação alta e deram um jeito de recuperar perdas. Reajustaram os próprios salários e também os do Executivo.
 
BONDADE
 
O mais intrigante foi a generosidade com o prefeito e o vice. Ambos tiveram os vencimentos reajustados em 70%. O prefeito, que ganhava 13 mil mensais, passará a receber 22 mil. Já o vice, pula de 9 para 15 mil por mês.
 
MAIS
 
No caso dos secretários municipais, o reajuste é o mesmo concedido à Câmara. Os vencimentos passam de 9 para 11 mil mensais. Tanto para vereador como secretário.
 
 
FAMÍLIA
 
Em Ji-Paraná, o presidente da Câmara Municipal é o vereador Welinton Fonseca (MDB), filho do prefeito Isaú Fonseca.  
 
 
SERVIDOR
 
A bondade da Câmara com sujeitos mais abastados realmente intriga. Pois em Ji-Paraná, o salário médio de um servidor concursado é de incríveis R$ 885,00. Quase R$ 400 reais a menos que o salário mínimo vigente.
 
 
PACOTE
 
Em meio a votação extraordinária realizada semana passada, os vereadores só retornam às atividades daqui a duas semanas, a prefeitura também conseguiu a aprovação de 16 projetos de Lei. 
 
EUROPA
 
Entre os projetos estava a concessão de diária internacional para o prefeito. O valor foi definido em  380 dólares, o que daria hoje algo em torno de dois mil reais. 
 
NEGÓCIOS
 
Antes que se “pense” bobagem, já que estamos em ano de Copa do Mundo, a prefeitura informou que o ilustre prefeito quer ir na Itália conhecer uma fábrica de helicóptero. A meta é trazer uma indústria do ramo para Ji Paraná.
 
 
OPINIÃO
 
Sobre isso eu aconselho o prefeito a visitar a Helibras, aqui pertinho, em Itajubá, Minas Gerais. Ele não vai se desgastar tanto com uma viagem internacional e nem correr riscos desnecessários por conta da Covid. 
 
REFERÊNCIA
 
A Helibras foi fundada em 1978 e é uma referência na produção de helicópteros. Caso o digníssimo prefeito não saiba, o Brasil é um grande exportador de helicópteros.
 
EM BREVE
 
Aliás, vou até ajudar o prefeito com outra informação que provavelmente ele não sabe. O grupo italiano Leonardo vai instalar uma fábrica em Itapevi, a menos de 40 km de São Paulo. A notícia foi confirmada pelo prefeito da cidade, Igor Soares (Podemos – SP), na última terça-feira (4).
 
 
EMPOLGAÇÃO
 
Palavras de Igor Soares: “O segundo maior grupo industrial da Itália, que atua nas áreas de aeronáutica, helicópteros, espaço e sistemas de segurança terá unidade de montagem em nossa cidade”, declarou o prefeito de Itapevi pelas redes sociais.
 
 
AUTORIZAÇÃO
 
Outra conquista da prefeitura durante a votação da câmara, foi a aprovação de empréstimo no valor de 60 milhões de reais junto à Caixa Econômica Federal, com juros de 12% ao ano.
 
AUTORIZAÇÃO 2
 
O dinheiro de acordo com a prefeitura deverá ser usado na pavimentação e iluminação urbana. Um detalhe que intrigou os vereadores de oposição é que não haveria nenhum projeto para o segmento.
 
CHAPA QUENTE
 
Também foi aprovada uma reforma administrativa que prevê a contratação de mais de 100 comissionados. Um dos cargos previstos é o de coordenador da Orquestra Filarmônica Municipal. A vereadora Rosana Pereira Lima disse em suas redes sociais que a cidade não tem nem apito para os agentes de trânsito, que dirá uma orquestra.
 
 
COPIADO
 
Não há nenhuma vergonha na política em se copiar uma ideia quando ela é positiva e vai trazer benefícios para a sociedade. Muitos bons exemplos estão espalhados pelo interior, mas quando a vaidade fala mais forte a população é quem perde.
 
COPIADO 2
 
O deputado Eyder Brasil mostrou lucidez ao adaptar para Rondônia uma Lei Municipal  de autoria da Vereadora Sol de Verão de Jaru. A Lei, que já foi sancionada pelo governador, restringe a nomeação de agressores de mulheres para cargos públicos comissionados e de confiança.
 
ANO PASSADO
 
A Lei Municipal de Jaru nº 2.968, de 03 de agosto de 2021, foi aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores de Jaru em 21 de julho de 2021. Tão logo houve a aprovação, a vereadora levou a proposta ao deputado estadual Eyder Brasil (PSL).
 
COMISSIONADOS
 
A proibição se aplica somente para cargos que não são preenchidos por concurso público e, portanto, têm livre nomeação e exoneração por parte de agentes políticos como prefeitos, vereadores e secretários municipais.
 
PERIGO À VISTA
 
As constantes chuvas dos últimos dias tem exigido atenção para segurança com rede elétrica. Mesmo sem riscos de alagamentos, bolsões de água e rompimento de cabos por queda de árvores e descargas elétricas são efeitos da chuva que impactam segurança e fornecimento.
 
REGISTROS
 
As chuvas fortes são comuns nessa época do ano, provocando alagações pontuais, ventanias e descargas elétricas. Isso tudo é fator de risco para a rede elétrica que tem monitoramento em tempo real pela Energisa.
 
 
IMPACTOS 
 
A chuvarada ocasiona ainda aumento de descargas elétricas, podendo também provocar curto-circuito e falta de energia. Ventos  fortes quebram galhos e também derrubam árvores que rompem cabos de energia.
 
SÍTIO
 
Moradores das áreas rurais são quem mais sofrem com a situação. Em muitos casos a chuva constante cria atoleiros e transbordamento de riachos que impedem a chegada de equipes técnicas de manutenção.
 
ACOMPANHAMENTO
 
A Energisa conta com plano especial de atuação durante o inverno amazônico, monitorando a intensidade das chuvas, suas localizações e o nível de rios junto à Defesa Civil. Há uma linha de contato direto entre as instituições para casos emergenciais em que seja necessário o desligamento do fornecimento.
 
EMERGÊNCIA
 
Qualquer pessoa que identificar situação de perigo envolvendo a rede elétrica por conta da chuvarada, deve informar imediatamente a Energisa. O serviço está disponível 24 horas por dia no WhatsApp Gisa (69) 9358-9673, aplicativo Energisa On, www.energisa.com.br ou call center 0800 647 0120.
 
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS