ESPAÇO ABERTO: MDB aposta em acordo para as eleições com apoio de Hildon Chaves

ESPAÇO ABERTO: MDB aposta em acordo para as eleições com apoio de Hildon Chaves

Foto: Divulgação

 
AJUSTE
 
As reuniões que eram espartanas já não são mais tão discretas assim. O MDB acha que consegue voltar ao poder no estado e para isso precisa de nominata forte junto ao ex-governador Confúcio Moura.
 
ESPECULAÇÃO
 
Foram dias especulando quem poderia trazer dividendos políticos para ressuscitar o partido que “apagou” após a eleição de 2018. O fraco desempenho nas urnas foi uma ducha fria e manteve coeso apenas um grupo histórico e fiel à legenda.
 
 
 
APOSTA
 
Na eleição do ano passado até houve uma certa mobilização apostando no nome do ex-Secretário Estadual de Saúde, Williames Pimentel, para o cargo de prefeito. De novo, o MDB não conseguiu emplacar um segundo turno.
 
APOSTA 2
 
Pimentel tem bagagem e é uma liderança forte no partido, a questão é que o prejuízo político de 2020 tem muito mais a ver com soberba do que afinamento político. O MDB de Rondônia até parece um ninho tucano, onde não há a mínima possibilidade de beijos entre os bicudos.
 
REFÚGIO
 
Paradoxalmente aos lampejos de vaidades de seus líderes, o MDB busca agora justamente em um ninho tucano uma composição forte para as disputas em 2022.
 
TRIO
 
O partido acena para Hildon Chaves, Expedito Junior, Mauro Nazif e outros políticos com mandato. No caso dos dois filiados ao PSDB, eles estão vendo pretensões do passado ruírem após a hibernação do senador Marcos Rogério. Os dois tucanos já se sentaram para conversar.
 
 
MAJORITÁRIA
 
O MDB se propõe até abrir mão da candidatura ao governo para Hildon Chaves caso ele aceite se filiar ao partido. No caso de Expedito Junior, ele seria o candidato ao senado sobrando para Nazif a indicação do vice na chapa.
 
NÃO É A OPÇÃO
 
Após a conversa, Hildon Chaves teria dito que não é sua intenção disputar o governo agora e sugeriu o nome da primeira-dama Ieda Chaves para vice, em uma chapa com Confúcio Moura ao Governo e Expedito ao Senado.
 
IMPROVÁVEL
 
Essa hipótese não é descartada, embora eu ache que é sonhar demais juntar uma tropa de narcisistas em um único partido. Afinal, nem precisa ser analista político para perceber o grau de vaidade que afeta a alta cúpula do PSDB de Rondônia.
 
PODER 
 
Aliás, tanto no PSDB como no PSB o grau de fatuidade é sem limites que chefe de massa falida paga água de coco no Espaço Alternativo com cartão Black.
 
NO PALÁCIO
 
Alheio ao que os prováveis adversários vão ou não fazer, o governador Marcos Rocha está comemorando a chegada de mais um aliado. O PL, novo partido de Jair Bolsonaro, deve bater o martelo agora pela manhã.
 
 
ACORDO 
 
O Chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, começou as tratativas com o presidente do PL em Rondônia, ex-deputado Luís Claudio, e hoje acontece o pacto e a pose para as fotos.
 
AGILIDADE
 
É claro que Junior vai desconversar sobre o tema antes de tudo já estar ajustado, mas a fonte que me passou é muito próxima de Luís Claudio e lá mesmo, em Brasília, logo após a filiação de Bolsonaro, já começaram as tratativas.
 
Ex-deputado Luiz Cláudio vai assumir a pasta da agricultura da capital |  Rondonoticias.com.br
 
SEM RUMO
 
Essa decisão do PL rondoniense deve deixar sem dormir alguns pretensos candidatos que não querem saber de subir em palanque com Marcos Rocha e sonhavam que a legenda para onde foi Bolsonaro seria um caminho natural. Não vai ser.
 
BARRACO
 
O deputado federal Expedito Neto (PSD) teria deixado a elegância de lado e chamado de cachorro os prefeitos que assinaram ficha no União Brasil. A ofensa teria acontecido durante encontro de prefeitos com a Bancada Federal. 
 
Deputado Expedito Neto gasta R$ 1,52 milhão com propaganda, locação de  carro e combustível | Rondonoticias.com.br
 
BARRACO 2
 
A maioria dos prefeitos ficou irritada com a manifestação e enfatizou que Expedito mistura política com interesses pessoais. A prefeitura de Cerejeiras, Lizete Marth, teria indagado o deputado se ele a estava chamando de cadela.
 
BARRACO 3
 
Um prefeito que conversou com a coluna, e pediu para não ser identificado, disse que o aborrecimento de Expedito não é pelas filiações, mas sim porque o Governo vai apoiar uma chapa de oposição na disputa pela presidência da AROM (Associação Rondoniense de Municípios).
 
 
INTERRESSE    
 
Eu ainda vou descobrir o que tem de tão interessante nessa AROM que desperta tanto interesse de alguns prefeitos. O atual presidente, Célio Lang, prefeito de Urupá, choramingou pra mim que a entidade vive no vermelho e se mantém aos trancos e barrancos.
 
INTERRESSE 2
 
Até onde eu sei, nem urubu gosta de ovo podre. Então duvido que seja por status ou prestígio, embora até chefe conhecido de quadrilha goste de assinar como tal.
 
 
RESPOSTA SOBRE AGUACEIRO EM FRENTE AO DETRAN DIVULGADO ONTEM
 
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA) enviou técnicos ao local, que notificou os responsáveis. Assim que o prazo dado pela pasta encerrar, eles retornarão para uma nova vistoria.
 
Já a Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb) colocará o trecho no cronograma para verificar se não há entupimento na drenagem.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS