ESPAÇO ABERTO: Governo de RO anuncia recursos para prefeituras que apresentarem projetos

ESPAÇO ABERTO: Governo de RO anuncia recursos para prefeituras que apresentarem projetos

Foto: Divulgação

 

RECURSOS

O governador Marcos Rocha anunciou mais de R$ 600 milhões em investimentos diretos para os municípios de Rondônia. A declaração foi dada durante o Fórum de Prefeitos e Vereadores.

 

PROJETOS

 

O dinheiro segundo o Governo será entregue na modalidade fundo a fundo aos municípios a partir do ano que vem. As cidades deverão apontar suas necessidades de investimento através de projetos, os quais serão analisados e fiscalizados pelo Estado.

 

COMPLEMENTO

 

Ainda de acordo com Marcos Rocha, esse recurso é complementar aos mais de R$ 400 milhões que já estão garantidos aos municípios de Rondônia através dos projetos “Tchau Poeira” e “Governo na Cidade”, ações que já estão em curso.

 

TRANSFORMAÇÃO

 

Marcos Rocha disse que seu objetivo é a transformação do Estado através de ações municipalistas, investindo no desenvolvimento socioeconômico de cada região. “O que eu quero é a transformação do nosso Estado pra melhor”, declarou.

 

SEM POLÍTICA

 

Marcos Rocha disse que os projetos não visam bandeiras partidárias e não são promessas. O recurso já está garantido, sem financiamentos que oneram as contas públicas de Rondônia.

 

CONVICÇÃO

 

O Secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, disse que a ação é um compromisso do Executivo Estadual com os municípios. “Não estamos preocupados com partidos. Estamos preocupados em como ser um governo mais municipalista, em executar uma política pública que chega na ponta e beneficia a população de verdade”, declarou Júnior Gonçalves.

 

AÇÃO

 

A primeira-dama de Porto Velho, Ieda Chaves, está organizando mais uma ação beneficente com o objetivo de ajudar famílias da capital que estão passando por dificuldades.

AÇÃO SOCIAL: Ieda Chaves organiza feijoada solidária para compra de cestas básicas

 

FEIJOADA

 

É a Feijoada Solidária que acontecerá no dia quatro de dezembro no Clube da OAB, onde a retirada poderá ser feita a partir das 11h. O valor é R$ 30,00 e quem quiser participar da corrente de solidariedade pode manter contato pelas redes sociais da primeira – dama.

 

DEZEMBRO

 

Com esse evento beneficente, Ieda Chaves quer levantar fundos para comprar cestas básicas e doar a pessoas em situação de insegurança alimentar no mês de dezembro, cumprindo o cronograma de trabalho que ela já desenvolve com o apoio do prefeito Hildon Chaves.

 

VENCIMENTOS

 

Desde o início do primeiro mandato, Hildon doa seu salário integralmente  para projetos que visam atender à população de baixa renda. Com a pandemia cresceu o número de quem vive em vulnerabilidade social por causa da alta no desemprego.

 

OBJETIVO

 

Ieda explica que a primeira doação de 2021 aconteceu em janeiro, sendo que ao longo do ano já foram doadas mais de 10 mil cestas. A ideia é promover uma excelente arrecadação para dezembro e possibilitar um Natal digno à pessoas mais necessitadas.

 

AVANÇO

 

O atendimento com a 3ª dose da vacina contra a covid-19 com intervalo de cinco meses, para pessoas com mais de 18 anos, será iniciado após a divulgação da nota técnica que será emitida pela Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa). O novo intervalo foi anunciado pelo Ministério da Saúde nesta semana.

 

FACILIDADES

 

Segundo a Semusa, as unidades de saúde estarão abertas para vacinar o cidadão na localidade mais próxima de sua residência. E há opções como os pontos de vacinação instalados na Escola do Legislativo e Porto Velho Shopping, que oferecem horários alternativos.

 

MÊS PASSADO

 

A vacinação da 3ª dose para adultos em Porto Velho está em vigor desde outubro, obedecendo o intervalo de 180 dias, conforme orientação do Ministério da Saúde.

 

PONTUAL

 

Para pessoas com mais de 60 anos, o intervalo foi reduzido de 180 para 120 dias. A dose de reforço também alcança a pessoas imunossuprimidas com intervalo de 28 dias.

 

TEM QUE VACINAR

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, muitos moradores da capital ainda não compareceram para completar o ciclo vacinal. A demora pode ser atribuída ao fato de que muitas pessoas ainda aguardam completar o intervalo anterior, de 90 dias. O novo prazo foi reduzido para 28 dias.

 

CAIU E SUBIU

 

Depois de cair para menos de R$ 5 no fim de junho, o preço do dólar comercial subiu nos últimos meses e chegou a bater em R$ 5,70, a maior cotação desde abril.

 

QUASE 800

 

Os quatro maiores bancos do país fecharam 790 agências nos últimos 12 meses. Desse total, 393 foram do Banco do Brasil. O banco estatal foi o único que não aumentou sua base de funcionários entre os quatro grandes. Pelo contrário. O número de empregados diminuiu em quase 8% em relação aos últimos 12 meses com a extinção de mais de 7.000 postos.

 

DIMINUIÇÃO

 

As vendas reais da promoção Black Friday devem apresentar neste ano a primeira queda, desde 2016, segundo a CNC (Confederação Nacional do Comércio). A expectativa é que mais da metade das receitas venha dos setores de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

 

APROVADO

 

A CCJ da Câmara aprovou o projeto de lei que prorroga a desoneração na folha de pagamento dos 17 setores que mais empregam. Como tramita em caráter conclusivo, a iniciativa segue da comissão para a análise do Senado, sem necessidade de passar pelo plenário da Câmara.

 

RAPIDAMENTE

 

As empresas brasileiras de capital aberto estão retomando fortemente seus lucros, segundo balanços divulgados até o momento. O lucro líquido das 291 companhias com ações na B3 somou R$ 128,24 bilhões, um aumento de 125% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

 

INOVAÇÃO

 

Pela primeira vez, a Apple vai vender peças de reposição e ferramentas de reparo diretamente ao público geral, permitindo que os próprios usuários possam executar consertos em alguns modelos de iPhones e de computadores Mac.

 

PRESSÃO

 

O Brasil é o 3º do ranking de chefes que se sentem mais pressionados para se adaptar ao trabalho. Entre os motivos está a pressão dos funcionários por maior poder de escolha sobre onde e quando trabalhar.

 

PEC

 

O mercado acompanha com atenção a tramitação da PEC dos Precatórios no Senado. Para passar, ela precisa de ao menos 49 votos favoráveis em cada um dos turnos. Pela contabilidade da oposição, o governo ainda não alcançou esse apoio. Por isso, líderes governistas vão negociar mudanças no texto aprovado na Câmara, o que sempre gera apreensão.

 

INFLAÇÃO

 

Hoje saem os dados da 2ª quadrissemana do IPC e a segunda prévia do IGP-M. Apesar de ainda não serem os números fechados do mês, o mercado acompanha a escalada da inflação, que vem pressionando os juros.

 

UM MATCH SURPRESA

 

Essa dica da Netflix é para quem gosta de comédia romântica natalina. Natalie Bauer ganha a vida escrevendo sobre seus desencontros amorosos. Até que ela conhece Josh em um aplicativo de namoro. Após muitas conversas, ela decide viajar para conhecer o match, por quem está apaixonada. É aí que entra a parte da surpresa não muito surpreendente: Josh não é o bonitão da foto do app. Assista ao trailer https://www.youtube.com/watch?v=bxfzkbUFlwU

Direito ao esquecimento

Em qual desses quatro pré-candidatos você votaria se as eleições fossem hoje?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS