ESPAÇO ABERTO: População já pode garantir antecipação de vacinação e dormir mais sossegada

ESPAÇO ABERTO: População já pode garantir antecipação de vacinação e dormir mais sossegada

Foto: Divulgação

VACINA
 
A Prefeitura de Porto Velho realiza, nesta sexta-feira e sábado (22 e 23), uma grande mobilização nas unidades de saúde da capital para aplicar vacinas contra a Covid-19.
 
ANTECIPAÇÃO
 
Quem já tomou a 1ª dose não precisa mais esperar muito tempo. Com menos de um mês já é possível completar o esquema vacinação, afirma a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Eliana Pasini.
 
PREVENÇÃO
 
A antecipação do tempo para a aplicação da 2ª dose amplia o contingente dos que ficam aptos para completar o ciclo vacinal. A prefeitura tem se preocupado em consolidar a imunização o mais rápido possível.
 
QUEDA
 
A diminuição drástica no número de ocorrências, inclusive de óbitos, é resultado da campanha de imunização. Isso é muito óbvio, embora ainda exista gente desinformada que não leva a sério a imunização.
 
SERIEDADE
 
Diferente do que já foi pregado por políticos ignorantes, Porto Velho e Rondônia, felizmente, estão isentos dessa insensatez. Tanto Hildon Chaves quanto Marcos Rocha sempre se mostraram apoiadores da vacinação em massa.
 
FACILIDADES
 
Ambos os gestores, cada um no seu estilo, sempre apoiaram logísticas e ações que pudessem permitir acesso total da população aos imunizantes.
 
INSUCESSO
 
Os tropeços que houveram, tanto para Hildon como Rocha, na tentativa de adquirir vacinas o quanto antes também afetaram diversos gestores em outros estados. 
 
INSUCESSO 2
 
Não me parece que eles tenham agido de má fé. Na verdade, houve mais uma decepção pública pelos equívocos ocorridos, involuntários a ambos, do que efetivamente prejuízo financeiro aos cofres públicos.
 
DECEPÇÃO
 
Como era uma questão grave de saúde pública, claro que muita gente se decepcionou diante da expectativa que havia surgido em relação a aquisição de vacinas.
 
DECEPÇÃO 2
 
A maioria dos aborrecidos era tudo gente que estava apavorada com o momento crítico da pandemia e que não via a hora de vacinar. Não conheço uma pessoa sensata que não tenha ficado angustiada com a demora de chegada das vacinas.
 
CONSTATAÇÃO
 
Um estudo da Internacional Data Corporation (IDC), revela que no ano passado foram vendidos 801,5 milhões de aparelhos “smart home” no mundo e a expectativa é de que a cada ano esse número aumente.
 
CONSTATAÇÃO 2
 
Produtos como: sensores de presença, controle de iluminação, áudio e vídeo, portão, câmeras e uma série de equipamentos podem ser controlados a distância através do celular ou computador.
 
VARIEDADE
 
Há diferentes modelos, com faixas variáveis de preço e que podem ser adquiridos pela internet. Sistemas de automação estão cada vez mais acessíveis se tornando aliados também para economizar na conta de luz.
 
POR AQUI
 
A tendência mundial também está sendo adotada por rondonieneses como o técnico em radiologia, Rezende Silva, que reduziu 20% do valor da conta de energia com ajuda de tecnologia.
 
AQUISIÇÃO
 
No fim do ano passado, ele investiu em produtos de automação residencial para tornar sua casa inteligente e evitar o desperdício de energia. Rezende afirma que o investimento valeu a pena, pois ele conseguiu economizar energia e ainda reduzir os impactos ambientais.
 
TELEFONE
 
Ele monitora a casa e controla tudo através do smartphone. Outras mudanças que fez foram a aquisição de lâmpadas de LED, evitar o chuveiro elétrico, manter a temperatura do ar condicionado sempre em 24º e pequenas adaptações na estrutura da residência.
 
INTERNO
 
A estrutura e decoração dos ambientes também contribuem para sensação térmica mais agradável. Essa é uma das formas encontradas por arquitetos e engenheiros para reduzir o consumo de energia e ainda garantir o conforto dos lares.
 
COMPROVAÇÃO
 
Variáveis como temperatura, umidade, ventilação e radiação solar são pontos fundamentais que podem influenciar nos ambientes.
 
PROFISSIONAL
 
O arquiteto Fabiano Medeiros, que atua na coordenação de facilities da Energisa em Rondônia, explica que a posição da casa no terreno e a cor do ambiente influenciam também no quanto os eletrodomésticos, como ar condicionado, serão mais utilizados ou não.
 
DICA
 
Janelas posicionadas em áreas com maior circulação de ventos deixam a casa mais arejadas e, consequentemente, o calor é menor. Assim como pintar as paredes da casa e o telhado de branco, pois as cores claras além de refletirem melhor a luz natural, reduzem o consumo de iluminação artificial.
 
USP
 
Estudos do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo comprovam que tintas brancas absorvem apenas 20% do calor enquanto as escuras chegam a absorver 98%, ampliando a temperatura do ambiente.
 
SUFOCO
 
Isso é a mais pura verdade. Morei em uma casa com parede de concreto verde onde batia o sol, e é impressionante o efeito do calor. O quarto no final do dia parecia uma sauna.
 
REFRESCO
 
Para aliviar o consumo de energia, a vegetação é uma grande aliada. Árvores, jardim de inverno ou vertical ajudam a umidificar o ambiente, fazem sombra que refrescam e ainda deixam a casa mais bonita.
Direito ao esquecimento

Você é a favor ou contra o garimpo no Rio Madeira?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública. Vote quantas vezes quiser!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS