ESPAÇO ABERTO: Restrição de jogos eletrônicos durante a semana preserva saúde de adolescentes

ESPAÇO ABERTO: Restrição de jogos eletrônicos durante a semana preserva saúde de adolescentes

Foto: ILUSTRATIVA

CONTROVERSO
 
Nem tudo que é autoritário pode ser classificado como danoso. A China proibiu jogadores online com menos de 18 anos de jogarem durante a semana e limitou seu período para jogos a apenas três horas na maioria dos fins de semana.
 
LIMITES
 
A iniciativa marca uma escalada significativa de restrições na enorme indústria de jogos do país. A partir desta semana, os menores terão apenas uma hora de jogo entre 20h e 21h na sexta-feira, fins de semana e feriados.
 
VIGILANTE
 
A decisão foi comunicada pelo órgão de vigilância da mídia chinesa — a National Press and Publication Administration (NPPA) — que foi postado pela agência de notícias estatal Xinhua na segunda-feira.
 
MAIOR RIGOR
 
A mudança representa um grande aperto nos limites anteriores estabelecidos pela agência em 2019, que restringia o jogo a 90 minutos durante a semana e três horas nos fins de semana para crianças.
 
EVITAR O VÍCIO
 
As autoridades disseram que as restrições foram postas em prática para ajudar a evitar que os jovens se tornem viciados em videogames.
 
PREJUÍZO
 
Os investidores reagiram rapidamente. NetEase (NTES) caiu 3,4% durante o horário normal de negociação em Nova York na segunda-feira. A Tencent (TCEHY) sofreu praticamente a mesma queda em Hong Kong na terça-feira, antes de voltar a subir 1,6%.
 
RECLAMAÇÃO
 
As empresas argumentam que a China adotou uma grande repressão à iniciativa privada. Não sei se cabe essa definição, mas o que é fato é a compulsividade dos jovens.
 
NO LAR
 
Quem tem “aborrecentes” em casa sabe muito bem o quanto os jogos eletrônicos afetam a vida dos estudantes. 
 
ENGODO
 
Sobre a perda de receita das empresas, é pura conversa mole. A restrição limita o tempo de jogo, mas as empresas vão continuar vendendo
 
DIREITO
 
Saulo Moreira  entrou com pedido junto à Assembléia Legislativa de Rondônia para que seja declarado o fim do mandato do deputado Edson Martins. Edson foi condenado pela Justiça  e teve os direitos políticos cassados. Saulo é o primeiro suplente na lista para assumir o cargo.
 
ORDEM JUDICIAL
 
A  Assembléia ainda não teria cumprido a decisão judicial por conta de falta de quorum nas reuniões da Mesa Diretora. Com isso, Edson Martins permanece no cargo já que o trâmite administrativo não anda, mesmo com uma ordem judicial determinando a saída de Martins.
 
FORMALIDADE
 
Os advogados de Saulo Moreira, Juacy Loura e Manoel Veríssimo, argumentam que a declaração da perda do mandato é um ato apenas declaratório e não deliberativo o que não exige  a presença de todos os integrantes da mesa. 
 
ACATAR
 
De forma clara. No entendimento dos advogados, não precisa nenhum deputado votar nada, apena cumprir ordem judicial. A ALE ainda não se pronunciou oficialmente sobre o pedido de Saulo Moreira.
 
SOLIDARIEDADE
 
A ação humanitária de combate à fome realizada pela Energisa chegou também à Guajará-Mirim, município a 329 km da capital, com a doação de 50 cestas básicas para o Projeto social “Adote um atleta antes das drogas” que desenvolve atividades esportivas para jovens carentes. 
 
 
AÇÃO
 
A iniciativa faz parte do movimento Energia do Bem, criado pela própria empresa para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela Covid-19. 
 
PARCERIA
 
A iniciativa foi viabilizada pela concessionária em ação conjunta com os colaboradores através do financiamento coletivo (matchfunding), em que, a cada real que o colaborador doou, a empresa também doou a mesma quantidade.
 
QUASE 30 TONELADAS
 
No total em Rondônia, a Energisa está doando 29 toneladas de alimentos visando reduzir os efeitos causados pela pandemia no estado.
 
MILHÕES DE PESSOAS
 
Segundo levantamento da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar, 19 milhões de brasileiros estão passando fome no país, especialmente os lares chefiados por mulheres em que 11,1% afirmaram estar sem comida.
 
CAPITAL
 
Outra parte das cestas básicas já foi entregue pela concessionária para a Secretaria de Assistência Social de Porto Velho (300 cestas), 100 famílias no bairro Orgulho do Madeira na capital, Núcleo e Apoio a Criança com Câncer (50 cestas), comunidade indígena Uru-Eu-Wau-Wau em Tarilândia (92 cestas) e Associação Luz do Alvorecer (50 cestas). 
 
FINALIDADE
 
O movimento Energia do Bem foi criado pela Energia para viabilizar diversas ações que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela Covid-19 e está presente nos 11 estados em que a empresa atua.
 
NO ESTADO
 
Em Rondônia, a distribuidora viabilizou a abertura de 79 leitos no Hospital de Base e Assistência Médica Intensiva (AMI), reforçando em cerca de 30% os leitos de UTI no sistema de saúde do estado e que ficarão à disposição mesmo após a pandemia.
 
SENAI FORTALECE CURSOS GRATUITOS
 
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), anualmente, destina 72% da sua Receita Líquida de Contribuição Compulsória Geral para oferta de vagas gratuitas nos Cursos Técnicos e de Formação Inicial e Continuada, que, na sua maioria, possuem carga horária de média e longa duração.
 
PASSOU DE 1 MILHÃO 
 
No período de janeiro a março de 2021, foram realizadas mais de 1,35 milhão de horas-aluno em gratuidade regimental. O propósito é conceder ao aluno a oportunidade de entender a sua área de atuação ou aquela na qual pretende atuar.
 
CONTINUAÇÃO
 
Isso levando em conta o conhecimento teórico (técnico) e prático com os vários profissionais que já atuam no mercado de trabalho. Milhares de pessoas de todo o país já passaram pelo programa e mudaram suas vidas.
 
QUASE 3 MIL
 
Em Rondônia, principalmente nos municípios onde o SENAI dispõe de unidades fixas, as vagas de cursos gratuitos somam perto de três mil, tanto na modalidade Qualificação Profissional, que são cursos de 400 horas, como os técnicos, com duração de um ano e meio.
 
DAQUI A UM MÊS
 
O SENAI lança o edital de vagas gratuitas nos meses de maio para início das aulas em julho e em outubro para os cursos que iniciam em janeiro.
 
OPORTUNIDADE
 
Segundo o diretor regional do SENAI-RO, Alex Santiago, o programa de gratuidade preza principalmente, pela inserção do indivíduo de baixa renda nesse mercado de trabalho tão competitivo, mas de forma técnica e com alta qualidade na capacitação do futuro profissional.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

M de F Moreira

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS