ESPAÇO ABERTO: Vacina e solidariedade, uma boa combinação em favor da vida

ESPAÇO ABERTO: Vacina e solidariedade, uma boa combinação em favor da vida

Foto: Divulgação

BOM EXEMPLO
 
Uma única coluna não seria suficiente para destacar o tamanho da solidariedade da maioria das pessoas nesse momento tão difícil que estamos vivendo. Existe a luta contra o vírus e a batalha pela sobrevivência.
 
DIFERENÇA
 
Pode parecer redundante, mas não é. Combater o vírus é algo que ocorre, principalmente, para quem não toma os cuidados pertinentes e acaba se infectando.
 
DIFERENÇA 2
 
Sobreviver, nesse caso, é trabalhar, correr atrás da subsistência. Tentar se manter e garantir o sustento da família com dignidade. Temos inúmeros exemplos de pessoas que mudaram seus hábitos, e até profissão, em busca de recursos que ajudem a levar comida para dentro de casa.
 
CONCIENTIZAÇÃO
 
Essa drama vivido por centenas de famílias rondonienses tem comovido nossa população, que dentro de suas possibilidades tem procurado ajudar de alguma forma quem passa por dificuldades.
 
DOAÇÃO
 
O servidor Roberto Silva é um exemplo de quem está sensibilizado com as dificuldades enfrentas por muitas pessoas nesse momento. 
 
DOAÇÃO 2
 
Ele foi receber a segunda dose da vacina AstraZeneca. Após garantir a imunização, doou dois quilos de alimentos à famílias que passam por alguma vulnerabilidade alimentar.
 
INICIATIVA
 
Pensando em encorajar e multiplicar ações como a de Roberto, a Prefeitura de Porto Velho lançou este mês a campanha solidária “Vacina Contra a Fome”. A ideia é sensibilizar as pessoas que forem aos pontos de vacinação na cidade a doar 1 kg de alimento não perecível.
 
CESTA
 
A proposta é transformar as doações em cestas básicas e distribuí-las à famílias que passam por algum grau de insegurança alimentar.
 
GÊNEROS
 
Entre os alimentos que podem ser doados estão arroz, feijão, açúcar, macarrão, óleo de soja, café, fubá, leite, farinha de trigo, entre outros.
 
CADASTRO
 
As cestas já têm destino certo. São enviadas para famílias vulneráveis cadastradas junto à Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf).
 
EQUIPE
 
A organização, recolhimento, montagem e logística de entregas dos alimentos são feitas por voluntários. Hoje, a Prefeitura conta com um ponto de coleta no Campus I da Faculdade Uniron, localizado na Avenida Mamoré, bairro Cascalheira, onde ocorre a vacinação de pessoas com comorbidades.
 
LEVANTAMENTO
 
O deputado Dr. Neidson (PMN), junto com a presidente da Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social, deputada Cássia Muleta (PODE), receberam de dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde no Estado de Rondônia (Sindsaúde), uma tabela referente a contraproposta da classe que reivindica uma revisão salarial dentro do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCR) dos servidores da categoria.
 
DATA
 
Foi marcada uma reunião para o próximo dia 8 de junho, onde devem participar os secretários de Estado da Saúde, de Finanças e da Casa Civil, para se chegar a uma solução definitiva.
 
COMPARATIVO
 
Dr. Neidson afirma que já solicitou estudo de impacto financeiro referente às duas tabelas, a que já existe no PCCR com o resultado do último levantamento, e a nova tabela, com base no estudo de impacto já encaminhado pelo Sindsaúde.
 
FINALIZAÇÃO
 
Essa história do reajuste para os servidores da saúde é uma novela que parece não ter fim. Desde o início do governo Marcos Rocha o tema vem sendo discutido sem que se chegue a um entendimento. 
 
PACIÊNCIA
 
Importante destacar a pacatez dos servidores da saúde que não usaram do artifício de greve para pressionar o Estado. Poderiam muito bem ser oportunistas e aproveitar o momento de pandemia para fazer valer seus direitos. 
 
PACIÊNCIA 2
 
No entanto, sensíveis ao drama que assola Rondônia de ponta a ponta, os trabalhadores permanecem com suas atividades e aguardam uma manifestação positiva das autoridades.
 
JUROS 
 
Em janeiro de 2020, começou a valer a regra que limita os juros cobrados por bancos no cheque especial a 8% ao mês, ou 151,8% ao ano. Quase um ano e meio depois, o Banco Central avaliou, em um levantamento divulgado nesta quarta, os impactos dessa medida, e a conclusão é que a norma economizou cerca de R$ 1 bilhão por mês em pagamento de juros, ou R$ 11,6 bilhões ao longo de todo o ano passado. 
 
BOM PAGADOR
 
Mesmo quem tem um histórico de dívidas vai poder melhorar a pontuação do score de crédito. Desde ontem, a Serasa começou a valorizar mais os hábitos de pagamento atuais do que o histórico devedor de uma consumidor na hora de aumentar ou diminuir a pontuação de crédito. 
 
LEÃO 
 
A menos de uma semana do prazo final, cerca de 7 milhões de contribuintes ainda não entregaram a sua declaração de Imposto de Renda.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

P S Sabara - ME

Papéis Cometa LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS