ESPAÇO ABERTO: Guajará-Mirim deverá comprar vacina para toda população acima de 18 anos

Confira a coluna de Cícero Moura

ESPAÇO ABERTO: Guajará-Mirim deverá comprar vacina para toda população acima de 18 anos

Foto: Divulgação

AUXÍLIO
 
Guajará-Mirim vai receber R$ 1 Milhão para aquisição de cerca de 48.000 mil doses de vacina contra a covid-19. O recurso é de emenda do deputado Dr. Neidson que prontamente atendeu pedido de ajuda da prefeita da cidade.
 
ESFORÇOS
 
Dr. Neidson diz que o momento é delicado e exige medidas urgentes não só para Guajará-Mirim, mas para todo o estado também. O deputado garante que já recebeu a confirmação da compra das doses.
 
 
QUANTIDADE
 
O deputado aponta ainda que pelas previsões e cálculos, serão adquiridas em torno de  48.000 mil doses de vacina. Com isso, o município vai poder vacinar toda a população de Guajará-Mirim acima de 18 anos.
 
EXEMPLO
 
Essa iniciativa do deputado Neidson deveria servir de estímulo para os demais deputados, principalmente aqueles com bases no interior. Enquanto uma turma reza obediência ao imprevisível, alguém mais lúcido age.
 
PONTUAL
 
Aliás, a questão da emenda do deputado Neidson para a compra de vacinas evidencia resultado porque não depende de outros órgãos para execução. 
 
HOSPITAL
 
Desde que começou o governo Marcos Rocha, Neidson tem oferecido emenda para a conclusão do Hospital regional de Guajará-Mirim. A questão é que, nesse caso, só o valor da emenda não resolve o problema, já que o governo do estado é quem tem a gestão da obra.
 
FANTASMA
 
O HRG está com 85% de sua obra concluída e com material se deteriorando nas salas abandonadas do prédio. Desde que Marcos Rocha e Fernando Máximo assumiram gestão do Estado e da Saúde, o Hospital Regional de Guajará foi esquecido.  
 
VISITA
 
Daqui 15 meses, quando ambos provavelmente se aventurarem na próxima eleição, uma mentira bem elaborada talvez venha ser usada em palanque.
 
CPI
 
Falando em Marcos Rocha e Fernando Máximo, o deputado Eyder Brasil ( PSL ) sinalizou para a criação de uma CPI sobre os gastos relacionados ao Covid-19 em Rondônia. Eyder disse que as informações não chegam até os deputados, o governo estaria gastando uma fortuna em ações sem efeito e ninguém estaria vendo o número de mortes reduzir.
 
CPI 2
 
Eyder Brasil enfatiza ainda que o governo age de forma arbitrária na formulação dos decretos. “ É tanta falta de gestão que o governador publica decreto, daqui a uma hora, duas horas, muda a flexibilização da flexibilização, que nem a equipe de Segurança Pública sabe qual decreto está vigente”, disse Eyder durante sessão na Assembleia. 
 
ESCLARECIMENTOS
 
A Associação Rondoniense de Municípios (AROM) questionou o Ministério da Saúde sobre a logística de distribuição de oxigênio que deverá começar a chegar ao Estado à partir de hoje. Vários prefeitos afirmam que ninguém sabe como será a logística de transporte, operacionalização das entregas e o papel dos gestores municipais na organização do abastecimento na rede hospitalar. 
 
COMBINADO
 
Segundo o presidente da Arom, Célio Lang, o produto chegará em Porto Velho em isotanques, por meio de aviões da Força Aérea. A promessa é de entrega de 200 a 250 cilindros para todo o estado. 
 
AJUSTE
 
Célio Lang esclarece que a Arom precisa desse tipo de informação para que possa ajustar com os municípios o recebimento do oxigênio em Rondônia. Isso é óbvio, senhor prefeito. A questão é que o senhor tem tratado com um governador apático que só age conforme as ordens de seu verdugo. 
 
FAROFA
 
O superintendente do Ministério da Saúde em Rondônia, Irgo Mendonça, teria garantido ao presidente que a Arom é importante nesse processo. De verdade não sei de onde saiu isso, mas achei essa afirmação sensacional. Irgo teria prometido também passar as informações, mas até o fechamento dessa edição a Arom não informou se havia recebido o planejamento da entrega.  
 
MACARRONADA
 
Buraco do Candiru realiza festival de massas para não fechar as portas. União de amigos vai realizar alguns eventos para manter o bar mais charmoso de Porto Velho em funcionamento.
 
 
ARTESANAL
 
O evento, que terá uma grande variedade de massas artesanais, será no próximo sábado (20), das 18h às 23h,  em parceria com a Conveniência Garagem Cultural. O Buraco está localizado na Alameda Jornalista Euro Tourinho, 2863 – bairro Embratel.
 
 
 
FUNCIONAMENTO
 
Será um dia especial com pratos à escolha do cliente (à la carte) com entrega em domicílio e no sistema pegue e leve (drive thru). Quem quiser saborear as delícias vai escolher pratos individuais, que vão custar 35 reais, mix de massas e molhos servindo até duas pessoas (com preço de 55 reais por refeição). 
 
 
ALTERNATIVA
 
“Depois da insistência de amigos e amigas, houve uma união de esforços para a gente fazer algo para o Buraco do Candiru não fechar. A primeira das ações é esse festival de massas. Ainda haverá o sorteio de uma novilha e outras atividades”, afirmou Marcus Vinícius Danin, um dos fundadores e proprietário do Buraco do Candiru.
 
 
QUARTO CD
 
O grupo de música regional amazônica, Minhas Raízes, da comunidade de Nazaré- Baixo Madeira, distrito do Município de Porto Velho, está finalizando mais um trabalho cultural. O grupo retrata as belezas naturais, cultura, tradições e cotidiano da comunidade, que é rica em tudo isso.
 
 
ANIMAÇÃO
 
Em seu quarto disco, Minhas Raízes promete muita emoção e amor pela Amazônia , pela natureza. Nazaré é uma comunidade banhada pela arte, que há aproximadamente 50 anos movimenta o local com música, danças, teatro e muito mais.
 
 
FOCO
 
Em um momento tão complicado, um pouco de paz e esperança são bem vindos, afinal ´somos fortes, somos ribeirinhos, somos Amazônidas  e podemos vencer ´, reza uma das premissas do grupo, que faz questão de enfatizar isso.
 
APOIO
 
O novo disco é um dos projetos contemplados pela lei Aldir Blanc. Além do projeto de gravação do quarto Cd, o Grupo Minhas Raízes também foi contemplado em outro edital que serão as lives que acontecerão em abril de 2021  nos dias: 03,09 e 10.
 
APERITIVO
 
Quem quiser se antecipar, pode conferir o spoiler que o Minhas Raízes disponibilizou  em suas redes socias.
Direito ao esquecimento

Qual é a rede social que você mais acessa?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

I Alves Pereira LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS