ESPAÇO ABERTO: Município de Costa Marques pede socorro para não ficar sem oxigênio

Confira a coluna de Cícero Moura

ESPAÇO ABERTO: Município de Costa Marques pede socorro para não ficar sem oxigênio

Foto: Divulgação

DESESPERO
 
O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano, informou durante a sessão de ontem que recebeu a notícia de que a cidade de Costa Marques só tem mais três cilindros de oxigênio e não há previsão de reposição.
 
AJUDA
 
Após o anúncio de Redano, outros deputados se manifestaram no sentido de acionar imediatamente a Secretaria Estadual de Saúde para buscar uma solução.  
 
LOTAÇÃO
 
A situação realmente está complicada em Costa Marques por conta também do atendimento aos bolivianos que atravessam o rio em busca de ajuda. O hospital da cidade está no limite.
 
PEREGRINAÇÃO
 
O  prefeito  Vagner Miranda da Silva, o Mirandão, me informou que tem pedido ajuda ao Governo, Assembleia Legislativa e até em municípios vizinhos. 
 
AQUISIÇÃO
 
Mirandão disse que talvez tenha que comprar imediatamente os equipamentos e diretamente de fornecedores que tenham oxigênio para pronta entrega. Ele alega que a situação é grave e exige dispensa de licitação para acelerar ao máximo a compra dos cilindros.
 
NECESSIDADE
 
Sou bastante crítico em relação aos processos de compra com dispensa de licitação. Mas nesse caso de Costa Marques, me parece uma medida legal e justificável.
 
OUTRO LADO
 
O Governo de Rondônia informou que não há falta de oxigênio nas unidades hospitalares da rede estadual e que estão sendo mantidas todas as medidas de prevenção para evitar o desabastecimento. No entanto, no caso dos municípios são as prefeituras as responsáveis pelo abastecimento de suas unidades.
 
INFORMAÇÃO
 
Na semana passada, a Sesau teria sido informada oficialmente que a atual empresa que fornece oxigênio para alguns municípios do interior (diferente da empresa que fornece aos hospitais do Estado) está enfrentando dificuldades logísticas e de transporte para dar continuidade ao serviço às prefeituras. 
 
MS
 
Mesmo não sendo de responsabilidade do Estado, o Governo teria notificado o Ministério da Saúde a fim de evitar uma crise de abastecimento das prefeituras, como ocorreu em outros estados.
 
AVISO
 
A empresa de alimentação nutricional contratada pelo Governo do Estado, Nutrimais, informou em nota nesta terça-feira (16), que iria suspender a alimentação de pacientes e servidores do Hospital de Base da capital.
 
INSUMOS 
 
De acordo com o documento, a empresa tem um planejamento realizado por nutricionistas, mas não estaria conseguindo fazer isso devido à falta de alimentos.
 
CORTE
 
Ainda conforme a nota, a empresa anunciou que vai suspender o lanche da tarde para pacientes e servidores do hospital.
 
SESAU
 
A Secretaria Estadual de Saúde informou que realmente o Estado não está realizando o pagamento para a empresa há 16 dias, devido à falta de documentação por parte da Nutrimais.
 
SESAU 2
 
Ainda de acordo com a Sesau, o secretário, Fernando Máximo, se reuniu com a proprietária da empresa e garantiu pagar todos os débitos, desde que a empresa garantisse a refeição dos pacientes e servidores.
 
SESAU 3
 
Não entendi essa nota. Ué, se não pagou porque a empresa estaria irregular, qual a razão de pagar agora ? 
 
REINCIDENTE
 
No último dia 9 de janeiro, profissionais e pacientes da unidade ficaram sem café da manhã devido os trabalhadores da Nutrimais terem paralisado os serviços por falta de pagamento dos salários.
 
CONSTATAÇÃO
 
Como sempre a população é quem paga o pato. O histórico diz que falta muito para Sesau e Nutrimais servirem de exemplos de gestão eficiente. 
 
FARTURA
 
Impressionante o número de funerárias na capital com veículos novos. Reflexo do mercado em alta. Parece até bizarro, mas não é. As empresas desse ramo vivem disso.
 
DESAFIO
 
Vale um presente aqui da coluna. Quem conseguir registrar três motoristas ou motociclistas, apenas três entre cinco, que deem sinal ao fazer uma conversão pelas ruas de Porto Velho ganha um brinde.
 
DESAFIO 2
 
E nem estou falando de bairro, é em plena região central mesmo. É impressionante como as pessoas ignoram uma medida que pode ajudar a fluir o trânsito e até evitar acidentes.
 
DESAFIO 3
 
Dia desses, me deparei com uma carro de autoescola seguindo pela rua Buenos Aires em direção à Abunã. Na esquina da rua Álvaro Maia, o motorista, que estava acompanhado de um “instrutor”, fez a conversão sem dar sinal.
 
SEM REGISTRO
 
Foi tudo tão rápido que nem deu tempo de registrar o nome da dita autoescola. Como isso é banal em Porto Velho, na próxima vez eu consigo facilmente.
 
CLARIDADE
 
Deputado Dr. Neidson (PMN), acompanhou a entrega dos pontos de energia de LED para a iluminação pública de Nova Mamoré. O parlamentar destinou recursos, via emenda parlamentar, na ordem de R$ 100 mil para a aquisição do material.
 
INICIATIVA
 
Me cobram bastante porque não falo de ações de vereadores. Simplesmente porque quase nada é encaminhado para à coluna, normalmente o que recebe está relacionado à patuscada.
 
AÇÃO
 
Nesse caso de Nova Mamoré, o vereador José Carlos (Patriotas) foi um dos responsáveis pela solicitação da emenda junto ao deputado Neidson. Não conheço pessoalmente o nobre egrégio, mas ele merece destaque por ter corrido atrás de demanda que a comunidade necessitava.
 
PARCERIA
 
Prefeitura de Vilhena e Sicredi firmaram parceria para mais 04 anos de continuação do “Programa A União Faz a Vida”. Iniciativa inclui princípios de cooperativismo e cidadania na educação municipal.
 
PROGRAMA
 
O “Programa A União Faz a Vida” (PUFV) tem como objetivo educar crianças e adolescentes fazendo com que eles se interessem pelos princípios de cooperação e cidadania por meio de uma metodologia de projetos que estimula o aluno a ser o protagonista do aprendizado.
 
COPERATIVA
 
O Sistema de Crédito Cooperativo (Sicredi) é um sistema de cooperativas de crédito com 1.707 agências, distribuídas em 23 estados e no Distrito Federal. O sistema já superou 4 milhões de associados. É um dos três principais sistemas de cooperativas de crédito brasileiros. Além de correntista e usufruir dos benefícios de um banco, o associado torna-se dono e tem participação nos lucros.
 
SEM REPRESENTATIVIDADE
 
Aliás, esse assunto é bem interessante. Em Porto Velho existem várias agências do Sicoob, outra grande cooperativa de crédito, que as pessoas só sabem que existe porque cruzam em frente. Em três anos de coluna, nunca vi ou recebi uma única notícia de ação social ou projeto desta dita cooperativa que merecesse destaque ou elogios.
 
FARTURA
 
E parece que o problema não é falta de recursos. Ano passado, enquanto o mundo já agonizava pela crise com a pandemia,  a Sicoob Credisul anunciou crescimento de 41,2% e registrou R$ 1 bilhão em vendas realizadas pela Sipag, uma maquininha de cartão.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS