BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Debate repercute e revela preocupação com temas em comum

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

13 de Novembro de 2020 às 11:17

Atualizada em : 14 de Novembro de 2020 às 08:48

Foto: Divulgação

HISTÓRIA
 
O Debate 2020 promovido na noite de ontem pelo Rondoniaovivo em parceria com a Faculdade Sapiens entra para a história da comunicação em Rondônia. Foi a primeira vez no estado que um jornal eletrônico inovou e ousou pisar em um terreno até então dominado pela TV e o Rádio.
 
DESAFIO
 
O Rondoniaovivo “assumiu o risco” da transmissão com qualidade, via internet, em tempo integral. Paulo Andreoli não economizou para ter o que há de melhor em imagem, som e estrutura operacional e logística. Deu certo.
 
RESPOSTA
 
As milhares de pessoas que acompanharam a transmissão no site Rondoniaovivo, REMA TV, Rádio Rondônia 93,3, Facebook,  Youtube e os mais de 30 mil comentários, até às 23 horas de ontem, mostraram que valeu  a pena investir em um projeto que representa 04 anos na vida da população.
 
RESPEITO
 
Sobre os candidatos, prevaleceu o ponderamento e a preocupação em apresentar ideias que venham a trazer desenvolvimento e uma vida melhor para cada cidadão de nossa cidade.
 
QUESTIONAMENTOS
 
Como era previsível, o prefeito Hildon Chaves por estar na condição de gestor municipal foi alvo de questionamentos. Alguns candidatos contextualizaram falta de algumas ações que poderiam ter sido realizadas pelo prefeito.
 
PONTUAL
 
Educação, transporte e alagamentos se destacaram entre as críticas apontadas para o prefeito. Aliás, para fazer justiça o próprio Hildon Chaves já reconheceu que os temas transporte escolar e transporte público foram duas dor de cabeça em sua gestão.
 
ALAGAMENTOS
 
Sobre o caos em que se transforma a cidade, toda vez que chove forte por 10 minutos, Hildon disse que isso é um problema de décadas que vai levar um tempo para ser solucionado. Ele enfatizou já estar com ações que aos poucos poderão resolver a situação.
 
EMBATES
 
Na hora do confronto de questionamentos entre candidatos, mais uma vez, prevaleceu a estratégia de fazer um argumento focando em possíveis falhas de gestões. Ramon Cujuí disse que o PT está fora da administração há mais de 8 anos e ainda assim é citado como culpado de problemas atuais na cidade.
 
SAMUEL COSTA X HILDON CHAVES
 
Samuel disse ao candidato Hildon que foi enganado por ele já que teria prometido cuidar de Porto Velho e assim não o fez. Hildon respondeu que cuidou da cidade sim, e deu como exemplo a entrega que irá ocorrer até o fim do mandato de 250 km de ruas asfaltadas.
 
HILDON CHAVES X VINICIUS MIGUEL
 
Hildon perguntou a Vinicius sobre como ele pretende tratar os professores caso venha a ser eleito. Vinicius disse que vai fazer diferente do que vem sendo feito
pelo município e o estado. Diretor de escola será eleito pela comunidade e não haverá apadrinhamento de pessoas na educação.
 
VINICIUS MIGUEL X BRENO MENDES
 
Vinicius disse que Breno foi Poderoso Chefão na gestão de Hildon Chaves e perguntou se ele gosta de ficar pendurado em cargo público. Vinicius disse ainda que Breno é mentiroso ao afirmar usar serviço público quando precisa de atendimento na saúde. Breno respondeu ter ficado decepcionado com a postura de Vinicius ao atacá-lo e negou as acusações.
 
RONALDO FLORES X EYDER BRASIL
 
Coronel Ronaldo disse que não há muito o que confiar em Eyder pois ele teria prometido em campanha não usar recurso público em benefício pessoal e estaria pagando aluguel de imóvel com verba pública. Eyder rebateu dizendo que Ronaldo traiu a confiança do Governador porque teria prometido não ser candidato nesta eleição.
 
EYDER BRASIL X EDVALDO SOARES
 
Em vez de perguntar, Eyder Brasil argumentou para Edvaldo Soares que o prefeito Hildon teria  que ser responsabilizado por mortes relacionados ao coronváirus já que não teria feito investimentos emergenciais para conter a onda de coronavírus no município. Edvaldo respondeu que se for eleito pretender tratar a população com respeito e respondeu não ter entendido qual era a pergunta de Eyder.
 
WILLIAMES PIMENTEL
 
Correligionários e simpatizantes do candidato do MDB lamentaram a falta de Pimentel no Debate. O próprio candidato reconheceu que houve falha de sua assessoria ao não participar da reunião prévia sobre o Debate. O MDB entrou na Justiça para tentar participar do Debate, mas teve o pedido indeferido.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS