BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Candidato do PC do B promete criar financiamento para ambulantes

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

01 de Outubro de 2020 às 08:49

Atualizada em : 01 de Outubro de 2020 às 14:48

Foto: Divulgação

MAIS UM CANDIDATO
 
Ontem foi a vez do candidato Samuel Costa, do PC do B, participar da série de entrevistas do Rondoniaovivo com os candidatos à prefeito de Porto Velho. Durante 30 minutos, Samuel esclareceu algumas medidas que deverá pôr em prática caso ganhe a eleição na capital.
 
SANEAMENTO
 
Vai apresentar um pacote de ideias com uma força tarefa que deverá focar ações em 15 bairros mais pobres da capital. O objetivo, segundo Samuel será tirar Porto Velho do mapa das 100 piores cidades do Brasil. 
 
CONSCIENTIZAÇÃO
 
Samuel disse que pretende ter um trabalho educativo de consciência quanto a materiais inservíveis que não podem ser jogados na rua. Ele acha fundamental que a população seja participativa e colabore na limpeza da cidade o que já resulta em melhoria coletiva.
 
ÍNFIMOS
 
O candidato do PC do B, argumentou que o índice de desenvolvimento humano de Porto Velho é precário, comparável a países pobres africanos. É preciso uma ação forte para mudar os números disse o candidato Samuel Costa.
 
SERVIDORES
 
Vai valorizar os servidores municipais que estariam sofrendo, segundo Samuel, com a retirada de quinquênio que é um benefício que ameniza as perdas e salários baixos dos profissionais.
 
INDEPENDÊNCIA
 
O candidato do PC do B acredita que é preciso desburocratizar o Serviço Público Municipal. Para ele, a solução é dar independência as secretarias para que administrem suas verbas e apliquem onde realmente há necessidade.
 
BONS EXEMPLOS
 
Samuel citou que é preciso ter profissionais qualificados em áreas estratégicas. Ele mencionou que a prefeitura teve que retirar um servidor da empresa de iluminação para poder viabilizar um processo licitatório que estava emperrado. Resolvido o problema, o profissional foi devolvido para a Emdur.
 
TRANSPORTE
 
Disse que pretende ser um gestor público ágil e eficiente. Se ele fosse o atual prefeito, por exemplo, já teria feito um termo de ajuste para colocar nas ruas os ônibus da empresa que ganhou o processo licitatório na capital.
 
EDUCAÇÃO
 
O candidato do PC do B falou que já tem um planejamento para valorizar o professor e os profissionais que atuam na saúde. Disse ainda que também já tem preparadas ações para fazer com que as crianças que estão há mais de dois anos fora da escola possam recuperar o tempo perdido.
 
CULTURA
 
Samuel Costa reconhece que não há recursos para investir em cultura, mas disse ter um projeto para capacitar ribeirinhos e fazer com que eles atuem com uma espécie de guia turístico na capital. Porto Velho é uma cidade que precisa ter sua história preservada, segundo Costa.
 
INFANTIL
 
Projeto de renda básica infantil. Samuel pretende implantar um programa onde todas as crianças abaixo de 06 anos de idade pertencentes  a famílias em vulnerabilidade social venham receber uma ajuda de custo de R$ 100,00 por mês.
 
LINHA DE CRÉDITO
 
O candidato do PC do B também pretende valorizar os trabalhadores autônomos. Uma das medidas é possibilitar financiamento de 1 a 5 mil reais para ambulantes com juros subsidiados pelo município.
 
DIVULGAÇÃO
 
Com a campanha nas ruas, os candidatos correm atrás de estratégias para conquistas o eleitor. Recebi material dos candidatos Walter Waltemberg e Sid Orleans que estão usando muito a interação pelas redes sociais. A iniciativa é bem interessante.
 
AGENDA
 
Nesta quinta-feira,01, a candidata Cristiane Lopes tem reunião pela manhã com candidatos a vereador, a tarde gravação para o programa eleitoral, a noite reunião com moradores do bairro Floresta e entrevista on-line.
 
AGENDA 2
 
Os demais candidatos não enviaram as agendas de hoje.
 
LIMINAR
 
Falando em Cristiane Lopes, ontem à noite o juiz da 2° Vara Eleitoral,  Arlem José Silva de Souza, concedeu liminar para a coligação Juntos por Amor a Porto Velho. 
 
LIMINAR 2
 
A decisão obriga os bancos Santander e do Brasil a abrirem contas bancárias para a coligação PP e Pros.
 
LIMINAR 3
 
Os bancos teriam se recusado a abrir todas as contas, limitando o atendimento a 05 pessoas apenas por conta. O motivo seria a aglomeração de pessoas por conta da pandemia. 
 
BOM SENSO
 
Alguém precisa avisar os bancos, já que eles parecem não saber, que o pleito eleitoral já começou. Todos os candidatos, sem exceção, precisam cumprir regras impostas pela Justiça Eleitoral. Ter uma conta bancária oficial é uma delas.
 
PERMANECER NA CADEIA
 
O ministro da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça – STJ, Joel Ilan Paciornik, indeferiu o pedido de habeas corpus solicitado pelos advogados de defesa dos prefeitos Luizão do Trento(PSDB), de Rolim de Moura; e Glaucione Rodrigues(MDB), de Cacoal. Ambos foram presos na última sexta-feira (25), durante a deflagração da operação Reciclagem pela Polícia Federal.
 
TAMBÉM FICA PRESO
 
A soltura do ex-deputado estadual Daniel Neri também foi negada pelo STJ. De acordo com o ministro, uma nova análise do pedido de Habeas Corpus será feita após o STJ ouvir o Tribunal de Justiça de Rondônia.
 
QUASE UMA SEMANA
 
Nesta quinta-feira (30) os prefeitos, presos pela Polícia Federal em Rondônia, completam cinco dias na cadeia da superintendência da PF, localizada na cidade de Jí-Paraná. 
 
JUNTOS
 
Também estão presos no mesmo local, o prefeito de Ji-Paraná, Marcito Pinto(PDT); e Gislaine Clemente(MDB), a Lebrinha, da cidade de São Francisco do Guaporé. Os dois também foram presos na Operação Reciclagem.
 
ÔNIBUS
 
A Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran), fará entrevista coletiva nesta quinta-feira (01/10) para falar sobre o início das atividades da empresa JTP Transportes (Companhia Municipal de Transporte Porto Velho), nova prestadora do serviço de transporte coletivo da capital. O evento é às 11h da manhã na Prefeitura de Porto Velho.
 
 
JOGATINA
 
O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu ontem que a exploração de loterias não é exclusividade do governo federal e que estados e o Distrito Federal também podem administrar loterias locais.
 
ENTENDIMENTO
 
Os ministros entenderam que, apesar de a Constituição prever que apenas a União pode legislar sobre as regras gerais para loterias, isso não impede que os
governos estaduais explorem o serviço.
 
RONDÔNIA
 
No início dos anos 90, Rondônia teve  a “Lotoro” Loteria Estadual de Rondônia que sorteava carros e outros prêmios. A loteria foi autorizada em três de julho de 1991, no governo de Oswaldo Piana Filho.
 
 

Documentos anexos

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS