BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Léo Moraes não confirma candidatura e embola disputa

Confira a coluna de Cícero Moura

Rondoniaovivo

17 de Setembro de 2020 às 08:21

Atualizada em : 17 de Setembro de 2020 às 14:59

Foto: Divulgação

FIM DA ESPECULAÇÃO
 
O deputado Léo Moraes antecipou ontem para o Rondoniaovivo, antes de anunciar oficialmente na convecção do Podemos, que não era candidato a prefeito.
Uma de suas justificativas é que a prefeitura está quebrada.
 
DÍVIDAS
 
Léo Moraes enfatizou que Hildon não deve se reeleger em decorrência do péssimo trabalho que fez e que o novo prefeito terá muita dívida e dor de cabeça para administrar a cidade.
 
FATO
 
Na verdade, o argumento de Léo é uma boa estratégia para não tocar em duas questões. Líder nas pesquisas ele poderia ganhar a eleição e deixar a vaga de deputado federal para Marinha Raupp, que assumiria em janeiro.
 
FATO 2
 
Na prefeitura, Léo poderia se “queimar” e comprometer uma provável disputa ao governo em 2022. Continuando como deputado, e líder do Podemos na Câmara Federal, Léo Moraes pode trabalhar  bem seu nome e entrar com mais força na disputa eleitoral de 2022.
 
CAMINHO LIVRE
 
Sem Léo Moraes na disputa, alguns candidatos terão que usar seu poder de convencimento para ganhar a confiança do eleitorado de Porto Velho. Fica tudo igual a partir de agora.  
 
JÁ COMEÇOU
 
A campanha ainda não foi para as ruas, mas pelas redes sociais a população já pode ter uma ideia de como serão os debates. O candidato Eyder Brasil ( PSL)
parece que já elegeu Breno Mendes ( Avante ) como um opositor a ser combatido.
 
REBATEU
 
Eyder Brasil disse que Guerra é com ele mesmo ao responder Breno Mendes que teria feito insinuações contra o deputado.  O deputado deixou no ar situações que envolvem Maria da Penha, exoneração da Emdur, assédio sexual.
 
OUTRO LADO
 
Breno Mendes disse que não tem candidatos como adversários e que sua intenção é trabalhar para melhorar a cidade.
 
ABANDONOU
 
Thiago Tezzari, pré-candidato do PSD à prefeitura, desistiu de disputar a prefeitura. A decisão foi tomada por causa da confirmação de Hildon Chaves no pleito.
 
COERÊNCIA
 
Thiago Tezzari, ex-presidente da Emdur, disse que não faz sentido o Partido da Social Democracia entrar na disputa tendo Hildon como um dos candidatos. Ele enfatizou que o PSD esteve junto com a administração municipal desde o início e não faria sentido ser adversário do prefeito.
 
ACORDO 
 
A desistência de Tezzari pode significar a indicação do nome dele para vice de Hildon Chaves. Ano passado a coluna já havia antecipado essa possibilidade.
 
 
TAMBÉM SAIU
 
Fabricio Jurado ( DEM ) também desistiu da candidatura. O partido decidiu coligar com Hildon Chaves e apoiá-lo para reeleição. O Democratas vai lançar 30 candidatos a vereador, 10 são mulheres.
 
 
REGISTRO NO TRE
 
O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado de Porto Velho ( PSTU) foi o primeiro partido em Porto Velho a homologar o registro de candidaturas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO). 
 
OFICIAL
 
Segundo a assessoria do PSTU, Geneci Gonçalves, comerciante, 51 anos,  é o candidato do partido para concorrer à prefeito. O registro de Geneci foi feito pelo sistema Candex, pela internet.
 
ENGÔDO
 
Glaucielle da silva dias, uma mulher branca, passou em concurso da Polícia Federal na cota destinada a candidatos negros. A portaria de Nº 12.863, publicada no dia 24 de maio de 2020, promoveu Glaucielle da silva dias para a função de Chefe do Núcleo de Operações de Delegacia de Polícia Federal em Guajará-Mirim, em Rondônia.
 
 
VERGONHA
 
Glaucielle pediu exoneração da Polícia Federal após ser denunciada por um perfil no Twitter por fraudes durante sua entrevista no concurso. Ela teria se trajado de negra para passar pela banca examinadora. 
 
TAMBÉM SAIU
 
O marido de Glaucielle Dias, que é Policial Federal, também pediu exoneração da PF. Ele usou a conta do instagram dela para se retratar sobre o caso.
 
OUTRO LADO
 
A Polícia Federal em Rondônia informou que não foi a PF no Estado que fez a nomeação da jovem para os quadros da instituição. Ela passou por exame nacional e já chegou aqui como policial formada.
 
VACILO
 
O mais curioso nesse caso, e que foi confirmado pela própria Glaucielli Dias, é que ela passou por todas as etapas que o concurso impõe, inclusive por uma banca examinadora do sistema de cotas.
 
AMAZONIATIVA  
 
Lançada recentemente, a AmazoniAtiva, uma plataforma online que facilita o acesso aos produtos da Amazônia obtidos de maneira legal e que conecta seus produtores com o mercado, valorizando a produção sustentável.
 
OBJETIVO
 
É uma plataforma de produtos e ativos ambientais e o foco são iniciativas que respeitem a legislação ambiental, valorizem a diversidade cultural, contribuam para a redução do desmatamento e promovam a igualdade de gênero.
 
ANO PASSADO
 
Lançada em 2019 inicialmente para Rondônia, agora a plataforma abrange todos os nove estados que compõem a Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas,
Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), e é uma das parceiras do Amazônia+21.
 
PRA TODO O MUNDO 
 
Na prática, o que a plataforma faz é promover as pontes necessárias entre os empreendedores da Amazônia e os mercados interessados em consumir produtos sustentáveis. Como forma de valorizar e destacar a riqueza natural da região, a iniciativa facilita e amplia o acesso aos produtos da Amazônia mundo afora por meio da vitrine online.
 
PARCERIA
 
A iniciativa é da ONG BVRio, em parceria com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental de Rondônia e recursos da agência de cooperação internacional da Noruega (NORAD), por intermédio do PNUD e da Força-Tarefa de Governadores pelo Clima e Florestas (GCF, na sigla em inglês).
 
EVENTO
 
O Fórum Mundial Amazônia+21 ocorrerá entre os dias 04 e 06 de novembro de 2020.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS