BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ESPAÇO ABERTO: Deputado apresenta projeto de lei para mutilar políticos corruptos

Confira a coluna de Cícero Moura

CÍCERO MOURA/RONDONIAOVIVO

11 de Março de 2020 às 08:35

Foto: Divulgação

MUTILAÇÃO


O deputado federal Boca Aberta (PROS-PR) apresentou ontem projeto de lei que prevê a “amputação das mãos de político condenado por crime de corrupção contra o patrimônio público, desde a condenação até o trânsito em julgado”. 


PELO SUS


O projeto destaca, ainda, que a punição, caso aprovada seria válida para todos os cargos eletivos do país, incluindo o presidente da República, e a amputação seria realizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 


CRIMES


A pena seria aplicada em casos de condenação pelos crimes de abuso do poder econômico ou político, contra a fé pública, a economia popular, a administração e o patrimônio públicos, organização criminosa, lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores, formação de quadrilha, improbidade administrativa e enriquecimento ilícito. 


FILA GRANDE DENTRO DO CONGRESSO


De acordo com o portal Congresso em Foco, com base em informações do Supremo Tribunal Federal (STF), dos 513 integrantes da Câmara, pelo menos 178 respondem na Justiça a inquéritos (procedimentos que podem resultar em processos) ou ações penais (processos que podem acabar em condenação). 


MAIS DE 20 PARTIDOS


O PP, o PT e o PSDB são os partidos com mais deputados com pendências criminais. Das 27 legendas com assento na Casa, apenas seis pequenas (Psol, Rede, PV, PPL, PRP e PRTB) não têm atualmente parlamentares sob investigação. Praticamente metade das bancadas do PP e do PT é acusada de crimes. Nessa situação estão 29 dos 60 petistas e 24 dos 49 deputados do PP. Os tucanos vêm a seguir, com 21 de seus 49 nomes sob suspeição. Dono da segunda maior bancada da Câmara, com 50 parlamentares, o MDB tem dez com pendências judiciais.


COMO NÃO SE DEVE FAZER


Flagrante de leitor da coluna mostra um mau exemplo do motorista ao parar no cruzamento. O pior é que o dito cujo está dirigindo um veículo com logomarca de uma empresa, que ironia, de segurança.

 


OUTRO MAU EXEMPLO


Leitor manda fotos de lixo acumulado nas ruas do entorno do Porto Velho Shopping. Diz o leitor que a limpeza foi feita há uma semana, e os restos de mato  e grama foram deixados amontoados aguardando, possivelmente, uma chuva forte para entupir bueiros.

 

 

CONSERTADA


No fim da tarde de segunda-feira (9) foi concluída a recuperação da ponte na linha 22, região do Taboca, zona rural de Porto Velho. Moradores auxiliaram os funcionários da Semagric, que trabalharam durante o final de semana na preparação da madeira, doada por sitiantes locais. 


CHUVARADA


No meio da semana passada, fortes chuvas elevaram as águas do rio Taboca, na linha 22, deixando os usuários da estrada em situação de risco, já que a passagem tinha que ser feita por um “corredor” improvisado. O reparo exigia equipamentos diferenciados que foram trazidos da região da BR-319.

 


SEM ATENDIMENTO


A Secretaria Municipal de Educação (Semed), comunica que nos dias 12 e 13 de março, não haverá atendimento ao público nas Bibliotecas Viveiro das Letras, na zona Sul, Francisco Meireles, no Centro e extensão na Praça CEU, zona Leste da cidade, em virtude de capacitação para os profissionais que atuam nessas instituições.


CONSELHO


Nesta quarta-feira (11), às 9h, no auditório da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), o Governo de Rondônia realiza reunião para criar o Comitê Estadual de Segurança do Paciente.

 

COMO EVITAR A IMPRENSA


Para manter os jornalistas afastados quando de um evento com a presença de Chefe de Estado ou País  aqui vai uma boa dica. Solicite todos os dados pessoais e profissionais (incluindo contrato de trabalho ). Sobre o contrato, a possibilidade é grande de terroristas, usando câmeras, microfone e celulares com adesivos de veículos de comunicação se infiltrarem entre os abnegados operários da comunicação. Simples assim.

 

 

ADIADA


A palestra “Comunicação Sem Limites”, com o ator e diretor Anselmo Vasconcellos, que estava agendada para esta sexta-feira,13, foi adiada para segunda-feira (16), às 19h30, no auditório da Uniron/Shopping. Por questões de trabalho que surgiram de última hora, Anselmo teve que modificar a agenda. 

 

 

DE GRAÇA


A palestra será gratuita e conta com o apoio do jornal online Rondoniaovivo. O evento é aberto a estudantes de comunicação (Publicidade e Propaganda e Jornalismo) e profissionais que já atuam nas áreas afins. A inscrição é on-line e pode ser feita no site da Uniron. Clique no link – ACADEMICOS – PUBLICO EXTERNO. 


 
CURRÍCULO

 

Anselmo Vasconcelos já participou de mais de cinquenta filmes, entre os quais se destacam: Se Segura, Malandro!, de 1978, e Bar Esperança, de 1983, ambos de Hugo Carvana; A República dos Assassinos, de 1979, de Miguel Faria Jr., e Brasília 18%, de 2006, de Nelson Pereira dos Santos.


NA TELINHA

 

Na televisão, Anselmo  participou de telenovelas e minisséries, assim como do programa humorístico Bronco, exibido pela Band. No momento, atua no humorístico Zorra, da Rede Globo. Em Porto Velho o ator e diretor colabora na concepção da Rondônia Cinematográfica, produtora de cinema, que gravou seu primeiro Tele Play, “Amor de Mãe”, já em exibição nos canais fechados.
 

TIRAR DO AR

 

Maior portal de buscas do mundo, o Google vem sendo obrigado pela Justiça brasileira a censurar acesso a notícias sobre o escândalo de corrupção envolvendo Joesley Batista & cia, controladores do grupo J&F/JBS. Tudo à revelia da Constituição, que veda qualquer forma de censura, e também do interesse público. O próprio Google foi quem comunicou a decisão autoritária da Justiça.

 


FOI LEMBRADO NO CONGRESSO


Da tribuna do Senado, nesta segunda (9), o senador Telmario Mota (Pros) xingou o ex-senador Romero Jucá (MDB), seu desafeto, para ele “um vagabundo” e “o maior ladrão que Sarney mandou para Roraima”.

 

Ex-senador Romero Jucá (MDB)

 

MENOS USO DO CARTÃO


Segundo a Visa Consulting, braço de análise da Visa, entre outubro de 2018 a setembro de 2019, turistas brasileiros pagaram com o cartão 13% de todas as contas em São Paulo. No Rio, 7% e em Brasília, 3%.

 

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS