CANDIDATO: 'Quem vota no Samuel Costa é o trabalhador!', diz Samuel Costa

Samuel, que é advogado e professor universitário, disse que tem muito a contribuir com sua eleição

CANDIDATO: 'Quem vota no Samuel Costa é o trabalhador!', diz Samuel Costa

Foto: Divulgação

 

O candidato a deputado federal Samuel Souza (PCdoB) está aproveitando esta sexta-feira 30.09 para mandar um recado aos seus eleitores: “Quem vota no Samuel Costa é o trabalhador! Os super ricos sabem que comigo não terão vida fácil”. Essa foi a forma utilizada pelo jovem professor para ratificar seu compromisso com as comunidades com quem fechou apoio em torno de sua candidatura à Câmara Federal. 
 
“Quem é burguês, ou quem tem vida fácil não vai votar em Samuel. Mas eles são minoria. A grande massa que é feita de cidadãos humildes e trabalhadores fala a mesma língua que eu e todos nós queremos mudança. Não queremos pires na mão, queremos emprego, dignidade, comida na mesa. Essa mudança só virá se o eleitor se conscientizar de sua importância como pagador de impostos”, ressaltou Samuel. 
 
Samuel, que é advogado e professor universitário, disse que tem muito a contribuir com sua eleição, pois defende pauta progressistas que foram esquecidas pela atual legislatura e pelo Executivo.
 
“Hoje estamos defendendo o direito de milhares de cidadãos ter o mínimo para comer. Isso é um absurdo. Poderíamos já estar discutindo pautas para o crescimento do Brasil, mas infelizmente, não fizeram nem o básico”, ressaltou. 
 
Ao finalizar, Samuel disse que sua posse na Câmara Federal significará um novo tempo para Rondônia, sobretudo, na luta por questões urgentes que precisam ser revistas como a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista, desemprego e segurança alimentar.
 
“Os gargalos que impedem o crescimento do Brasil são vários. Precisamos ter coragem para revê-los e criar soluções. Eu me apresento como a solução”, finaliza.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

E M M M de Barros

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS