BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CANDIDATO A PREFEITO: Pimentel diz que realidade contraria pesquisa divulgada

Pimentel observa que aquilo que o deixa de fato otimista é a receptividade do eleitorado e a credibilidade conquistada por suas propostas

ASSESSORIA

16 de Outubro de 2020 às 08:47

Foto: Divulgação

“Não nos cabe julgar a metodologia aplicada pelo Ibope nas pesquisas que realiza, embora haja quem denuncie que lhe tenha sido solicitada apenas a identificação pela pesquisadora, sem qualquer pergunta, o que parece indicar que as respostas estavam previamente elaboradas. Da mesma forma, não pretendemos nos escudar no histórico controverso, desabonador e pouco recomendável do Instituto em Rondônia para justificar eventual insatisfação com os resultados. Podemos, sim, questionar os números divulgados com base em fatos. São os fatos que nos indicam que estamos no caminho certo e que nele devemos prossegui com ainda maior ímpeto e determinação, focados exclusivamente naquilo que a população reclama e nossa cidade merece”.
 
A declaração é do candidato a prefeito de Porto Velho, Williames Pimentel, MDB, que recebeu com tranquilidade os resultados da pesquisa Ibope, por não lhe creditar veracidade alguma no confronto com a realidade, mesmo no estágio ainda inicial dessa campanha atípica. “Nem pretendemos estabelecer confronto com os resultados de nossas próprias pesquisas, realizadas para consumo interno, que nos colocam em segundo lugar, com crescimento indicativo de breve empate técnico com o primeiro colocado”.
 
Pimentel observa que aquilo que o deixa de fato otimista é a receptividade do eleitorado e a credibilidade conquistada por suas propostas, lastreadas em projetos consistentes, além do respeito e aprovação de todo o trabalho realizado na gestão do setor de saúde pública durante 14 anos. “Saúde é Tudo! É uma proposta exequível e fundamental para permitir que o cidadão saia de casa para ganhar seu sustento com a segurança de que, mesmo obrigado a conviver com a ameaça do vírus, ele poderá contar com um sistema público que lhe ofereça cuidados especiais na prevenção, tratamento, internação e cura”.
 
Entre os fatos que corroboram e certificam seu raciocínio, Pimentel aponta também uma série de ataques à sua candidatura, inclusive com pedidos de impugnação em uma petição tão inconsistente que cabe até ação por litigância de má fé contra o autor. “O fato é que ninguém tenta derrubar quem está caído” – observa ele, Para acrescentar isso apenas comprova o temor dos adversários e o fortalecimento de sua campanha.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS