BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

CANDIDATO A PREFEITO: Vinícius Miguel participa de sabatina na RedeTV! e mostra propostas

Vinícius Miguel falou à população da Capital sobre seus projetos e plano de governo à frente da prefeitura

ASSESSORIA

14 de Outubro de 2020 às 14:58

Atualizada em : 14 de Outubro de 2020 às 17:35

Foto: Divulgação

Vinícius Miguel, candidato a prefeito de Porto Velho pela Coligação Cidadania, Rede Sustentabilidade e PDT “Porto Velho em Boas Mãos!”, foi o entrevistado, na quarta-feira (14), durante o quadro sabatina no programa Fala Rondônia, Rede TV, em Porto Velho, apresentando pelos jornalistas Adão Gomes e Janaína Brito.
 
Mostrando que está preparado para administrar Porto Velho, Vinícius Miguel falou à população da Capital sobre seus projetos e plano de governo à frente da prefeitura, iniciando com uma breve apresentação. 
 
“Primeiro agradeço a oportunidade deste importante espaço para a democracia. Sou advogado e professor da Universidade Federal de Rondônia. Ser professor é uma das profissões mais dignas e honradas. Poder partilhar o que sabemos e poder aprender com os alunos e toda comunidade acadêmica é gratificante. Essa é minha segunda candidatura. Tenho pós-graduação em administração pública, mestrado e doutorado em Ciências Políticas, minha formação é voltada para a gestão pública. Sou de Porto Velho com muito orgulho, mas tenho tristeza pela falta de cuidado do poder público com a nossa cidade”.
 
Questionado sobre o combate à corrupção, o candidato foi enfático ao dizer que essa é uma das maiores preocupações do cidadão e que o desperdício do dinheiro público pela ineficiência ou corrupção precisa ser combatido. 
 
“Tenho uma ampla proposta para combater a corrupção em meu plano de governo. Entre elas, diminuir a quantidade de cargos comissionados, pois há pessoas, nem todas, que são colocados sem o mínimo preparo técnico. Quero que esses cargos sejam ocupados por pessoas concursadas ou seguindo um processo seletivo para admissão. Também vamos fortalecer os órgãos de controle interno, como a Controladoria Geral do Município e a Ouvidoria, canal pelo qual podem chegar denúncias feitas de onde o cidadão estiver”, afirmou.
 
CORRUPÇÃO
 
O candidato também destacou, como peça chave para combater a corrupção, o desenvolvimento de uma cultura de ética e controle interno, fazendo com que todo servidor possa ser operário de controle e combate à corrupção. “Criar um conceito, no âmbito do município, de ética pública. Gestão com mais eficiência e zero corrupção”.
 
 
Na área da agricultura familiar, Vinícius Miguel destacou a importância de investir em educação e formação continuada para fortalecer o trabalho do homem no campo. 
 
 
“Precisamos fornecer qualificação e mecanismo para agregar valor no que é vendido no campo. Por exemplo, oferecer curso de laticínio para, ao invés de o produtor vender o leito, produzir e vender iogurte, queijo. Todos os outros produtos do campo podem ter um valor agregado. Com isso, vamos mudar a forma de produzir, utilizando mais técnicas e tecnologia, aumentando, assim, a lucratividade e renda do trabalhador do campo. Além de cobrar dos órgãos estaduais e federais o recapeamento das estradas vicinais e rodovias para o escoamento da produção de forma segura e sem desperdício”.
 
Sobre a educação, o candidato disse que esse é o carro chefe da sua gestão, olhando para educação como um todo, não apenas dentro da sala de aula, mas dar atenção para professores, merendeiras, vigilantes e toda equipe técnica que compõe a comunidade escolar, mas, claro, respeitando as regras sanitárias e torcendo para a pandemia acabar.  
 
 
“Vamos pensar na educação como uma grande força. Colocar câmeras ao redor das escolas, viabilizar a educação integral, que não seja apenas um depósito para deixar o aluno, mas promover aulas de música, arte, cultura de paz nas escolas. Ensinar nossas crianças noções de cidadania, a como controlar suas emoções e a serem cidadãs autônomas, desenvolvidas, que não busquem a violência”.
 
 
Vinícius afirma que as escolas devem ser um ponto de radiação, com apoio social, de saúde e acolhimento para a família. “Vamos apoiar os profissionais com assessoria técnica, colocar a Secretaria de Saúde dentro das escolas para identificar maus-tratos, contratar psicólogos escolares, mudar a educação de Porto Velho. Não tenho medo de sonhar, ousar e falar que a transformação da educação precisa começar”.
 
 
Questionado sobre a relação com a Câmara Municipal, o candidato disse que espera para, a partir de 2021, uma composição mais ética e que fará uma gestão sem negociata. “Eu estarei aberto ao diálogo, buscando parceria para governar em prol da população. Eu não farei nenhum tipo de negociata ou acordo às escura. É preciso ter hombridade para enfrentar interesses, desmandos e a corrupção. Meu compromisso é com o povo, com a ética, fora disso, nenhum acordo".
 
 
A morada de Porto Velho, Eliana, enviou uma pergunta sobre a falta de água na Capital. Vinícius respondeu que esse assunto é muito sério e que os bairros não têm abastecimento de água de forma rotineira. 
 
 
“Temos que cobrar a Caerd, que pouco fez nos últimos anos, com seriedade e diálogo. E é preciso que ela apresente resposta para isso, no contrário, seremos obrigados, junto com a Câmara, criar uma agência reguladora de recursos hídricos e abrir aqui uma nova empresa que, com controle técnico e participativo, forneça água e saneamento básico para o cidadão”.
 
 
Finalizando a rodada de entrevistas, Vinícius Miguel agradeceu, mais uma vez, o espaço e a população da Capital. “Essa é uma eleição atípica por causa da pandemia. Faço aqui a minha oração e prece por aqueles que estão enfermos por causa do coronavírus ou outra doença”, finalizou.
 
 
Texto: Da assessoria

Galeria de Fotos da Notícia

CANDIDATO A PREFEITO: Vinícius Miguel participa de sabatina na RedeTV! e mostra propostas

CANDIDATO A PREFEITO: Vinícius Miguel participa de sabatina na RedeTV! e mostra propostas

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS