TEATRO: Mostra apresentará espetáculos virtuais com interação em tempo real com o público

Serão três dias de apresentação com três espetáculos em cada dia da atividade teatral

TEATRO: Mostra apresentará espetáculos virtuais com interação em tempo real com o público

Foto: Divulgação

Já imaginou participar de uma sala de teatro virtual, similar ao real? Retirar seu ingresso, interagir com os personagens, ouvir a campainha de entrada do espetáculo, são algumas das sensações que você terá na I Mostra de Teatro Caixa Mágica.

 

Há um ano, os palcos de todo o país estão suspensos, levando o público do teatro a migrar para as redes sociais. Uma facilidade da tecnologia, porém a ausência da essência do teatro presencial fica cada dia mais distante.

 

A Primeira Mostra de Teatro Caixa Mágica levará o público memorar a sensação de uma apresentação presencial. A primeira sensação será a retirada do seu ingresso, a pontualidade do horário do espetáculo para a entrada da apresentação, a interação e a possibilidade do improviso do ator com o seu público, e por fim, não menos importante, fazer com que todos se sintam próximos e envolvidos com a peça.

 

Serão três dias de apresentação com três espetáculos em cada dia de Mostra. De acordo com o Coordenador do projeto, Raoní Amaral, a pandemia acelerou a modalidade de teatro virtual, mas distanciou uma das essências do espetáculo que é a interatividade com o publico e a proposta é este “calor do espetáculo”, que a equipe planeja reavivar tanto para o público quanto para os atores. 

 

“Queremos aproximar o máximo de uma sala de teatro. O artista terá a possibilidade de saber quem estará na sala. Isso possibilita a interação, o improviso, chamar o seu espectador pelo nome. Pedir pra ligar a câmera, liberar o microfone e falar... são características que trazem para nós artistas e para o público uma aproximação do que nós conhecemos como teatro em si. A ideia não é "inventar" um novo teatro, mas adaptar os princípios do Teatro que já conhecemos”, enfatiza Raoní.

 

Espetáculos

 

A I Mostra Caixa Mágica ocorrerá de 19 a 29 de Março e apresentará 03 espetáculos, 03 performances, 03 cenas curtas e 04 oficinas de teatro, tudo ao vivo, on-line e GRATUITO. Os ingressos dos espetáculos deverão ser retirados na plataforma Sympla e será transmitido pelo ZOOM, além de contar com a acessibilidade de toda a programação para LIBRAS.

 

Para a retirada de ingressos, acesse aqui.

 

Confira a programação:

 

Data: 19/03

 

TABULE: A Casa Caiu

 

Sinopse:Zahara  é uma libanesa que tem urgência em se desfazer do peso das suas confissões. Uma personagem sem lugar e em constante deslocamento, que se assume como confessora/delatora de sua própria vida. Ela recria sua história expondo seus desejos, defeitos e delitos. Marcada pela impossibilidade de ajustar seu corpo e sua existência perante uma lei implacável, Zahara, faz do público a sua pedra de lamentações, e no dia do velório Online de seu marido, após a explosão que destruiu, matou e feriu milhares de pessoas em Beirute, ela vai aos poucos se revelando e se transformando na Fênix heroína de sua triste história.

Ficha técnica:

Texto, criação e atuação: Júnior Lopes

Duração: 60 minutos

 

A SAUDADE QUE EXISTE EM MIM

 

Sinopse:O seu vestido vermelho, a mulher caminha pela rua, no bolso do avental branco carrega lembranças e saudades que compartilha com aqueles que presenciam sua trajetória. Enquanto caminha, vai recitando sua dor e saudade através dos versos da canção.

Ficha técnica:

Atuação e criação: Téo Nascimento

Duração: 15 minutos

 

HISTÓRIA DE RITA

 

Sinopse:Uma mulher de quem pouco se pode precisar, não tem um nome. Sobrevive de restos de memórias e retalhos de outras histórias de abandono, onde não há espaço para mais nada. Cansada, sem expectativa de dias melhores, essa é a realidade vencida de várias histórias de Rita.

Ficha Técnica:

Criação e atuação: Téo Nascimento

Duração: 15 minutos

 

Data: 20/03

 

VÁCUO 

 

Sinopse: Posta em prateleira com código de barras, preços e validade. Quanto mais passos essa mulher dar nas ruelas da sua vida, mais pesada é a carga das violências amontoadas em sua memória. Reproduções de um comportamento naturalizado em suas diversas formas de violência embalam o ser-mulher à vácuo. Quantas violências permeiam o corpo feminino?

Ficha técnica:

Performer e criação: Andressa Silva

Duração: 5 minutos

 

KEHIND

 

Sinopse: Em águas lamacentas de um rio de omissões, escorre sangue velado pelo silêncio em nome das boas aparências. Kehinde se esforça para viver sobre a vontade de Deus, enquanto sonha em embarcar na sua própria canoa e desbravar a sua própria história. No caminho encontra o banzeiro forte da vida e descobre que os botos não são lendas.

Ficha técnica:

Criação, direção e atuação: Andressa Silva

Duração: 15 minutos

 

MORMAÇO

 

Sinopse: Aos poucos esse banzeiro vem se aproximando das grandes cidades, fazendo com que muitos de nós, reflita e construa um novo olhar da realidade vivida pelo homem urbano, que a cada dia se resguarda pelo conceito de necessidade e progresso.
Ficha técnica:

Criação e atuação: Elizeu Braga

Duração: 40 minutos

 

Data: 21/03

 

DESABAFO

 

Sinopse:Cor, Orientação e Fé - os atravessamentos de uma sociedade injusta que necessita do que repudia para se manter.

Ficha técnica:

Criação e atuação: J Criação e atuação: Júnior Brum

Duração: 15 minutos

 

UMA TOADA PARA ESCUTAR O CORAÇÃO NA TERRA

 

Sinopse: um ritual de resistência ainda num corpo que rima terra.
Ficha técnica: 

Criação e atuação: Elizeu Braga

Duração: 5 minutos

 

YALLA, GO! Como sobreviver em guerras e outras sabotagens

 

Sinopse: O espetáculo é uma Cartilha Cênica ao vivo e on-line, em que a libanesa Zahara, sobrevivente em duas guerras oficiais no Líbano e outras guerras pessoais, apresenta pratos cheios de memórias e lições de como permanecer de pé e se levantar diante de bombardeios.

Ficha técnica

Texto, Direção e atuação: Júnior Lopes

Duração: 55 minutos

 

Este projeto é uma realização do Grupo Caixa Mágica, que foi contemplado no Edital nº 80/2020/SEJUCEL- CODEC 1ª EDIÇÃO PACAÁS NOVOS DO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA DIFUSÃO DE FESTIVAIS, MOSTRAS E FEIRAS ARTÍSTICAS E CULTURAIS – RONDÔNIA, além de está amparado pela Lei Federal 14.017/2020 - LEI ALDIR BLANC.

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS