ESPETÁCULO: Delicadezas de Kadosh aborda temas emergentes e necessários à sociedade atual

A peça teatral, contemplada pela Lei Aldir Blanc/Sejucel, será transmitida vitualmente

ESPETÁCULO: Delicadezas de Kadosh aborda temas emergentes e necessários à sociedade atual

Foto: Divulgação

Uma produção artística que caminha por entre as linguagens do teatro, dança e performance, Delicadezas de Kadosh é um espetáculo solo que conta com influências do conto kadosh (1973) de Hildas Hilst, dos filmes Querelle (1982) de Rainer Werner Fassbinder e The Neon Demon (2016) de Nicolas Winding Refn, além da figura e do martírio de São Sebastião.

 

O trabalho aborda temas emergentes e necessários à sociedade atual, como a reflexão dos papéis de gênero, no que tange aos estereótipos de masculinidade impostos socialmente, e também à violência sofrida pela população LGBTQIA+ no Brasil, ambos levados à cena pelo viés daquilo que é sensível, do que é humano para além do racional.

 

O espetáculo, protagonizado pelo ator Otavio de Sousa, será apresentado nos dias 13 e 14 deste mês (Março), sendo transmitido pelo canal do Youtube do ator: http://bit.ly/otaviodsousa. O ator é artista cênico e visual rondoniense.

 

Ele é graduado em Artes Cênicas pela Universidade Estadual de Londrina (BR), Mestre em Criação Artística Contemporânea pela Universidade de Aveiro – Portugal, e doutorando no Doutoramento em Artes - Artes Performativas e da Imagem em Movimento na Universidade de Lisboa - Portugal, com pesquisa em desenvolvimento em sua cidade natal, Ji-Paraná - RO.

 

Sinopse

Um ser masculino que já nasce subjugado, sendo rejeitado, atravessado pela solidão, pela sexualidade e pelo divino. Um existir corpo que infringe o estereótipo de masculinidade imposto. Kadosh homem delicado, contradiz, incomoda e constrói sua identidade e comportamento renegado pelo próprio masculino. Kadosh vulnerável, potente, forte. Para mais informações, entre em contato com: Stela Falqueto stelafalqueto@gmail.com

 

Sejucel

 

O projeto foi contemplado pela Lei Federal Aldir Blanc (Lei nº 14.017/2020), Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer de Rondônia (Sejucel), pelo edital 1ª Edição Mary Cyanne (Nº 77/2020/SEJUCEL-CODEC).

 

Fonte/assessora: Stela Falqueto

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS