BOLETIM CORONAVÍRUS - CLIQUE AQUI E FIQUE ATUALIZADO

ATENÇÃO REDOBRADA: Ambulatório Covid-19 é montado para atender servidores da saúde e segurança

Os atendimentos iniciaram na tarde da última quinta-feira (23), onde a servidora do Hospital de Base Doutor Ary Pinheiro, foi uma das que realizou consulta e o exame RT-PCR

ASSESSORIA/GOVERNO RO

24 de Abril de 2020 às 14:48

Atualizada em : 24 de Abril de 2020 às 15:35

Foto: Divulgação

Como forma de acolher os servidores da saúde e da segurança pública, que estão atuando na linha de frente no combate ao coronavírus, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), montou um ambulatório do servidor na Policlínica Oswaldo Cruz (POC), para atendimento aos casos sintomáticos de síndrome gripal que necessitam de diagnóstico e conduta imediata em suspeita da Covid-19, desses profissionais e seus familiares sem cruzamento de fluxo com outros usuários.
 
O atendimento deve ser referenciado pelo Núcleo de Saúde do Trabalhador de cada unidade hospitalar, que será responsável pelo acolhimento inicial, presencial, ou por call center, para as unidades de saúde do estado.
 
Para os servidores de segurança pública, o atendimento será referenciado pelo Núcleo de Saúde do Trabalhador ou diretoria de saúde da respectiva instituição (Secretaria de Estado da Seguranca, Defesa e Cidadania – Sesdec , Polícia Militar – PMRO, Corpo de Bombeiros Militar – CBMRO, Polícia Técnico-Científica – Politec, Secretaria de Estado da Justiça – Sejus) que será responsável pelo acolhimento inicial, presencial, ou por call center, para as instituições mencionadas.
 
Os profissionais de saúde que estarão prestando atendimento aos servidores com suspeita de contaminação por coronavírus, receberam capacitação baseada cientificamente no protocolo de contingência, publicado pelo Ministério da Saúde, sobre o uso de equipamento de proteção individual (EPI) e sobre como fazer a coleta swab oral para testar a Covid-19.
 
O treinamento foi realizado pelos profissionais do Centro de Educação Técnico Profissional na Área da Saúde (Cetas), através da Coordenação de Residência Multiprofissional do Programa de Centro Cirúrgico e Central de Material, e por técnicos do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), com foco em evitar que o profissional se exponha ao risco e contaminação.
 
Os atendimentos iniciaram na tarde da última quinta-feira (23),  onde a  servidora do Hospital de Base Doutor Ary Pinheiro, foi uma das que realizou consulta e o exame RT-PCR.
 
“Esse ambulatório vai facilitar muito para nós servidores, hoje sabemos onde procurar atendimento e a realização do exame, já que estamos lidando com um vírus de rápida propagação, nós agradecemos”, disse à servidora que preferiu não ser identificada.
 
De acordo com secretário de saúde, Fernando Máximo, o número de servidores infectados vem aumentando. “Montamos esse ambulatório com médicos, psicólogos, enfermeiros e técnicos de enfermagem  para que possamos cuidar e preservar nossos servidores que estão à frente dessa batalha, essa não é a hora e nem momento de termos esses profissionais afastados, temos que nos unir e somar forças para que juntos possamos combater essa pandemia”, concluiu.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS