VÁRIOS CARGOS: Estado fará concurso com 4741 vagas para o setor segurança pública

Mulheres terão cotas de 20%

VÁRIOS CARGOS: Estado fará concurso com 4741 vagas para o setor segurança pública

Foto: Divulgação

 

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, autorizou 4.741 vagas voltadas para a segurança publica. O anúncio foi dado por meio das redes sociais do chefe do executivo. “Essa ação é mais um esforço do governo do Estado para reforçar a segurança pública, proporcionando a população mais tranquilidade e paz social”, afirma.
 
As vagas serão distribuídas da seguinte forma:
 
2.580 vagas para a Polícia Militar: 2.400 vagas para praças e 180 oficiais;
 
400 vagas para praças Corpo de Bombeiros;
 
1.597 chances para a Polícia Civil: 1.200 agentes, 300 escrivães, 50 peritos papiloscopistas e 47 delegados para;
 
164 oportunidades para Polícia Científica: 50 peritos criminais, 50 médicos legistas, 60 agentes de medicina legal e 4 agentes de perícia criminal.
 
Em agosto deste ano, a deputada Gleide Ângelo, afirmou  que as vagas serão para contratação imediata. À época havia informado que foi informada que o chefe do executivo tinha solicitado 3.500 vagas para certame na área da segurança. 
 
Em setembro, quando fechar o quadrimestre, teremos outra reunião para que ele me passe as informações do lançamento do edital”, salientou Gleide.
 
Mulheres terão cotas de 20%
 
A Assembleia Legislativa de Pernambuco, por meio da Comissão de Justiça, aprovou a proposta que prevê 20% de cotas para mulheres que prestarem concursos para polícia civil, militar e penal do Estado. O deputado Gustavo Gouveia (DEM) propôs o Projeto de Lei nº 2069/2021, que prevê reserva de vagas sempre que o número das mesmas for igual ou superior a 5. A comissão considerou a ação como asseguradora do artigo 5º da Constituição Federal.
 
“Na esfera dos concursos públicos, a política de cotas constitui um mecanismo de acesso a cargo ou emprego público que visa mitigar um processo histórico-social de exclusão e de ausência de oportunidades imposto a determinada parcela da população”, indica o relatório da comissão.
 
Conforme a PL 2069, as mulheres disputarão tanto em vagas reservadas pelas cotas quanto na ampla concorrência. Se uma candidata cotista desistir do cargo, será convocada a candidata da posição posterior.
 
Só será aberto para o público o número de vagas destinadas para as cotas, se não houver o número de aprovadas referente aos 20% previstos.
 
Lei Complementar 498/22 amplia a idade e exigida nos concursos da PM-PE e do CBM-PE
 
A Lei Complementar 498/22 foi sancionada modificando a idade exigida nos concursos da Polícia Militar de Pernambuco  e do Corpo de Bombeiros Pernambuco. A nova idade para ingresso é de 30 anos, exceto para o cargo de Oficial Médico que passa a ser 35 anos. A informação foi confirmada pela deputada estadual Delegada Gleide Angelo nas suas redes sociais.
 
Novos editais para as quatro forças de segurança do estado estão previstos para o segundo semestre de 2022. A informação é do secretário de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire, no inicio de junho durante a cerimônia de formatura do Curso de Formação de Oficiais. Segundo a deputada este certame não contará com a referida ampliação. Saiba mais!
Direito ao esquecimento

Você assiste programa eleitoral na televisão?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS