R$12.455,30: TJ abre concurso com mais de 100 vagas para técnicos e analistas

Os valores da taxa de inscrição são de R$80 para nível médio ou médio/técnico e R$120 para o nível superior

R$12.455,30: TJ abre concurso com mais de 100 vagas para técnicos e analistas

Foto: Divulgação

Atenção, concurseiros! O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) divulgou o edital para o novo concurso público do órgão. Ao todo, a seleção oferece 112 vagas, para os níveis médio e superior em diversas especialidades para os cargos de técnico e analista. O documento foi publicado no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (28/1). 
 
Este é um dos concusos mais esperados do ano. Das 112 oportunidades, 24 são destinadas aos cargos de nível médio e médio/técnico, com remuneração inicial de R$7.591,36 . As outras 88 são para candidatos com nível superior, com salários de R$12.455,30.  O certame terá a Fundação Getúlio Vargas como banca organizadora. 
 
Confira os cargos contemplados:
 
Níveis médio e médio/técnico:
 
Técnico Judiciário | Área Administrativa
 
Técnico Judiciário | Enfermagem
 
Nível superior
 
Analista Judiciário | Administração
 
Analista Judiciário | Análise de Dados
 
Analista Judiciário | Análise de Sistemas 
 
Analista Judiciário | Área Judiciária 
 
Analista Judiciário | Arquivologia 
 
Analista Judiciário | Contabilidade 
 
Analista Judiciário | Engenharia Elétrica
 
Analista Judiciário | Estatística 
 
Analista Judiciário | Medicina do Trabalho
 
Analista Judiciário | Medicina (Psiquiatria) 
 
Analista Judiciário | Oficial de Justiça Avaliador Federal 
 
Analista Judiciário | Psicologia 
 
Analista Judiciário | Segurança da Informação 
 
Analista Judiciário | Serviço Social 
 
Analista Judiciário | Suporte em Tecnologia da Informação
 
Os aprovados no concurso do TJDFT 2022 receberão remuneração inicial de R$7.591,36 para os cargos de nível intermediário e R$12.455,30 para carreiras que exigem o nível superior. os servidores cumprirão jornada de trabalho será de 40 horas semanais. As contratações são estatutárias, ou seja, asseguram a estabilidade empregatícia.
 
Para técnico judiciário da área administrativa é exigido apenas o ensino médio como requisito. A oferta total é de 20 vagas para este cargo, sendo 15 para ampla concorrência, uma para deficientes e quatro para negros.
 
Inscrições
 
Os interessados em participar do concurso TJDFT 2022 devem ficar atentos ao prazo de inscrição, que será do  7 de fevereiro a 14 de março. O cadastro deve ser feito exclusivamente pela internet, pelo site da  Fundação Getulio Vargas (FGV), a banca organizadora 
 
Os valores da taxa de inscrição são de R$80 para nível médio ou médio/técnico e R$120 para o nível superior.
 
Provas
 
Os candidatos ao concurso TJDFT 2022 serão avaliados mediante provas objetivas e discursivas, tanto para os cargos de técnico quanto de analista. As avaliações estão agendadas para serem aplicadas no dia 29 de maio de 2022. Ambas terão caráter classificatório e/ou eliminatório. 
 
Os exames serão realizados no Distrito Federal. Os candidatos a analista farão a prova no período matutino, das 8 às 13h. Já os técnicos farão no período vespertino, das 15h às 19h. A prova objetiva vai contemplar 60 questões de múltipla escolha, sobre conteúdos de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos. 
 
Confira o conteúdo que será cobrado para o técnico da área administrativa:
 
10 questões de língua portuguesa;
 
10 questões sobre ética no serviço público, regimento interno, Lei de Organização Judiciária, provimento geral da Corregedoria e provimento judicial aplicado ao processo judicial eletrônico; e
 
40 questões de conhecimentos específicos. 
 
Já na prova discursiva, os candidatos aos cargos de técnico realizarão uma redação dissertativa, cujo tema será conhecido somente no dia do exame.
No caso dos analistas, a avaliação escrita contará com duas questões relacionadas aos conhecimentos específicos do respectivo cargo.
 
O prazo de validade do concurso TJDFT da área de apoio terá prazo de validade igual a dois anos, contados a partir da homologação do resultado final e podendo ser prorrogado uma vez pelo mesmo período.
Direito ao esquecimento

Você acredita que a gestão da Segurança Pública (Sesdec) em RO está sendo competente no combate ao crime no estado?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS