AMAZÔNIA: Fórum Florestal reúne mais de 40 organizações em prol da preservação

E o primeiro evento com participação de representantes do Fórum será sobre a implementação do Programa de Regularização Ambiental em Rondônia

AMAZÔNIA: Fórum Florestal reúne mais de 40 organizações em prol da preservação

Foto: Divulgação

O Fórum Florestal para a Amazônia Legal foi criado este mês a partir de uma série de reuniões nas quais mais de 40 instituições representantes do setor florestal na Amazônia uniram seus conhecimentos para construir um planejamento estratégico norteador de ações na promoção da conservação e restauração de ecossistemas amazônicos de forma inclusiva e participativa.
 
O novo espaço de diálogo e articulação pela Amazônia integra uma rede que conta com mais de 100 organizações em cinco Fóruns regionais brasileiros criados no âmbito do Diálogo Florestal, uma iniciativa inédita e independente que desde 2005 facilita a interação entre representantes da sociedade civil em prol de um objetivo em comum: a construção coletiva de soluções para o desenvolvimento sustentável na Amazônia.
 
E o primeiro evento com representantes do Fórum será para avaliar a implementação do Programa de Regularização Ambiental (PRA) de Rondônia, regulamentado desde 2016, e os respectivos Projetos de Recomposição de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADAs) para o Estado.
 
Na próxima terça-feira, 29 de junho, das 15h às 17h (horário de Brasília), a edição rondoniense da série de seminários promovidos pelo Diálogo Florestal será transmitido pelo canal do Youtube da instituição e terá a participação do Centro de Estudos Rioterra.
 
Vamos apresentar as experiências de um de nossos projetos, o Plantar Rondônia, que é uma ação pioneira no país em regularização ambiental de propriedades rurais da agricultura familiar na Amazônia e de recuperação de áreas degradadas”, conta Dra. Fabiana Barbosa Gomes, vice-presidente e gerente de Geotecnologias e Pesquisa do CES Rioterra.
 
Para debater o atual cenário e as perspectivas de avanço em relação ao tema, também estarão presentes no evento o Coordenador de Monitoramento e Regularização Ambiental Rural da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Ambiental (SEDAM), Geovani Marx Rosa, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon), Hélio Dias de Souza, e o pesquisador da Embrapa Rondônia, Henrique Nery Cipriani.
 
A abertura será realizada pela secretária executiva da Aliança pela Restauração na Amazônia, Danielle Celentano.
 
O evento é realizado em parceria com a SOS Mata Atlântica e a Aliança pela Restauração na Amazônia, com o apoio do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica e do Observatório do Código Florestal.
 
O projeto Plantar Rondônia é realizado pelo Centro de Estudos Rioterra, em cooperação com a Ação Ecológica Guaporé - Ecoporé e Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia – FETAGRO, com a parceria da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental – SEDAM e apoio financeiro do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, pelo Fundo Amazônia. 
 
Serviço
 
Seminário Programa de Regularização Ambiental (PRA) e Projetos de Recomposição de Áreas Degradadas e Alteradas (PRADAs)
 
Dia: 29 de junho
Horário: das 15h às 17h (horário de Brasília)
Transmissão: youtube.com/dialogoflorestal
 
Dra. Fabiana Barbosa Gomes, gerente de Geotecnologias e Pesquisa do CES Rioterra é uma das convidadas para participar do seminário
Direito ao esquecimento

Qual dos deputados federais de Rondônia, você considera mais atuante no Congresso Nacional?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública.

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS