CUIDADOS: Dicas para se proteger de golpe ao comprar um ingresso

Fãs entusiasmados podem ser alvos de criminosos na internet; perito em crimes digitais explica como evitar esse problema

CUIDADOS: Dicas para se proteger de golpe ao comprar um ingresso

Foto: Divulgação

 

Com a volta de grandes shows, o mercado de eventos tem se movimentado bastante, principalmente quando se trata de compras de ingressos online. Contudo, a verdade é que o universo digital se tornou um prato cheio para os cibercriminosos. Com os ingressos se esgotando rapidamente, muitos fãs recorrem a grupos de compra e venda. No entanto, essa prática oferece riscos e algumas pessoas acabam caindo em golpes.

 

O perito em crimes digitais e CEO da Enetsec, Wanderson Castilho, explica que os cibercriminosos sempre usam a mesma técnica: se aproveitando da emoção do fã e da ansiedade da vítima em comprar os ingressos. Segundo o especialista, as pessoas sempre fazem uma busca melhor e mais apurada depois do golpe, mas aí já é tarde demais.

 

“O ideal é usar a internet a seu favor. Use ela como uma grande aliada sua. A ferramenta otimizou muitos aspectos, mas ela ainda oferece riscos. Então busque por sites oficiais, procure por reclamações daquela empresa em sites como Procon e Reclame Aqui, e pesquise as redes sociais da empresa”, resume o especialista.

 
Para te ajudar a se prevenir dos golpes na internet, Wanderson Castilho listou 6 dicas. Confira!
 
 
1. Preste atenção nas promoções exageradas
 
 
Sabe aquele ditado “O barato sai caro”? É exatamente essa a questão. Segundo Wanderson Castilho, o ideal é sempre desconfiar dessas promoções exageradas e de valores abaixo do mercado , elas tendem a quase nunca serem reais.
 
 
2. Evite comprar ingressos por terceiros
 
 
A compra e venda por terceiros tornou-se comum, mas representa um certo risco. Nesse caso, você pode comprar de pessoas de sua confiança, pois a chance de ser um golpe é menor. Em caso de pagamento, verifique sempre se o PIX identificado é da pessoa que está falando com você. Para isso, veja nome, sobrenome, CPF/CNPJ. Faça uma busca completa! Entretanto, o ideal é sempre procurar comprar os ingressos no site oficial, aconselha o perito.
 
 
3. Verifique as informações do perfil 
 
 
Esses grupos são muito atrativos para os golpistas, isso porque eles sabem que o entusiasmo do fã facilita a ação do golpe. Então, criam contas falsas com um único objetivo: realizar fraudes. Por isso é importante verificar se o perfil é verdadeiro: veja fotos, local de trabalho, fotos de família, amigos e de onde é.
 
 
4. Não compartilhe os seus dados 
 
 
Evite passar informações pessoais. Mantenha a conversa no objetivo no qual ela começou. Ou seja, sem envio de senhas, códigos para verificação ou cliques em links suspeitos.
 
 
5. Fique atento a segurança do site
 
 
Verifique a segurança do site que está vendendo o ingresso. Veja se na URL consta “https”. A letra “s” aponta protocolos de segurança mais rígidos. Observe também se há um pequeno cadeado no site. Ao clicar nele, uma pequena janela irá aparecer com informações de segurança e autenticidade da página.
 
 
6. Utilize a técnica 3P
 
 
Para finalizar, Castilho recomenda sempre usar a técnica do 3P: Pare tudo, pense e pesquise, isso pode evitar que você faça parte do número de vítimas.
 
Direito ao esquecimento

Você já decidiu em quem votar para deputado(a) estadual, federal, senador(a) e presidente?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Clinica Maestria LTDA

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS