CONHECIDA: Mãe anuncia afastamento de menina do meme 'Chloe' das redes sociais

Prestes a completar 12 anos, a garotinha viralizou quando tinha apenas 2 aninhos; agora, a mãe dela quer que ela seja uma "criança normal"

CONHECIDA:  Mãe anuncia afastamento de menina do meme 'Chloe' das redes sociais

Foto: Divulgação

Quase 10 anos depois de viralizar nas redes sociais, a mãe da menina Chloe Clem anunciou, no último domingo (17/7), que ela e a filha se afastarão das redes sociais. A garotinha virou meme em 2013 em um vídeo que aparecia com olhar de reprovação para a irmã que chorava ao lado dentro de um carro.
 
 
A despedida das redes sociais foi feita em uma postagem no Instagram, que é supervisionado pela mãe da menina, que hoje tem quase 12 anos, em inglês e em português, já que boa parte dos fãs de Chloe são brasileiros. "Foram longos 10 anos de estar nos olhos do público para as meninas. Conseguimos fazer coisas incríveis e conhecer as pessoas mais incríveis", diz o texto.
 
 
De acordo com ela, a decisão de "fazer uma pausa significativa nas mídias sociais" foi tomada levando em conta que as meninas têm o direito de ter uma infância normal. "Eu quero que Chloe seja uma criança normal e não tenha a pressão de postar ou se preocupar com quantas curtidas e seguidores ela tem", explica. "Com a forma como o mundo está hoje, tenho medo de tornar meus filhos tão acessíveis no futuro. O que está feito está feito agora e o meme de Chloe viverá na infância e isso me deixa muito feliz", completou.
 
 
 
 
 
Chloe tem 517 mil seguidores no Instagram e, em 2017, ela fez uma visita ao Brasil a convite do Google. Na época que o meme viralizou, a menina tinha apenas 2 anos. O vídeo foi publicado na internet pela mãe de Chloe, Katie.
 
 
Na publicação, as duas filhas dela estão reagindo à notícia sobre uma viagem surpresa para a Disneylândia. Uma das meninas, Lily, começa a chorar, a câmera então mostra Chloe que faz um olhar de desaprovação. A publicação foi vista mais de 20 milhões de vezes no YouTube. A imagem foi transformada em NFT (Non-fungible token, ou token não-fungível) e vendida por quase R$ 400 mil no ano passado.
 
 

Direito ao esquecimento

Quando você acha que a área da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré será liberada ao público?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS