MÁGOA: Carlos Alberto de Nóbrega lembra de polêmica com Xororó

Apresentador relembrou ocasião em que pediu para que Sandy e Júnior se retirassem do programa 'A Praça é Nossa' no fim dos anos 1980

MÁGOA: Carlos Alberto de Nóbrega lembra de polêmica com Xororó

Foto: Divulgação

Carlos Alberto de Nóbrega detalhou a polêmica envolvendo Sandy, Júnior e o pai da dupla, Xororó, no programa "A Praça é Nossa". Na ocasião, no fim dos anos 1980, a dupla teve de se retirar da gravação do programa. 

O apresentador explicou que era muito rígido na época e se arrependeu da postura que teve. "É um mágoa que tenho até hoje. Sou muito rígido. Eles eram pequenos, foram convidados. Ficaram no camarim. Eu estava no estúdio gravando. Chegou uma notícia que estava problema no corredor, que os seguranças não estavam deixando os artistas passarem", contou ao podcast Venus. 
 
"Eu fui lá, conversei com eles: 'Isso é um lugar de respeito, ninguém vai sequestrar as crianças, são nossos convidados. Podem ficar na porta'. Eram dois ignorantes", explicou. Carlos contou que continuou o programa e que Marcelo de Nóbrega, filho dele e diretor do programa, levou uma culpa que não é dele. 
 
"De repente o Marcelo volta e fala: 'Pai, eles não saíram'. Eu falei: 'Então manda embora porque eles não vão fazer o meu programa'. O Marcelo pagou por uma coisa que eu fiz. Porque no meu programa quem manda sou eu. Me arrependi? Sim, porque eram duas crianças. Em troca, eles nunca me perdoaram", disse. 
 
30 anos após a situação, Carlos contou que encontrou Xororó e se desculpou. "Eu fui falar com ele: 'Você não pode imaginar a tristeza que eu estou, queria pedir desculpas'. Ele falou: 'Fiquei com vontade de dar um soco na cara do teu filho'. 'Você devia dar, eu faria a mesma coisa'", contou Carlos.
 
"'Não foram os teus filhos, foram aqueles dois cafajestes [seguranças] que estavam lá'. Por tudo que tem de mais sagrado que foi isso. Me arrependi? Sim, mas eles não perdoaram. Que pena", lamentou o apresentador. 
Direito ao esquecimento

Você acredita que candidatos evangélicos são realmente ungidos de Deus ou são “ungidos” do pastor?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS