TRISTEZA: Ator Paulo José, ícone da TV e do cinema, morre aos 84 anos

O ator estava internado há 20 dias por conta de uma pneumonia e conviveu com o Mal de Parkison por mais de 20 anos

TRISTEZA: Ator Paulo José, ícone da TV e do cinema, morre aos 84 anos

Foto: Divulgação

Morreu na tarde da última quarta-feira Paulo José, ícone do cinema, do teatro e da TV. O ator estava internado há 20 dias por conta de uma pneumonia e conviveu com o Mal de Parkison por mais de 20 anos. A informação foi confirmada pela Globo.
 
O ator deixou esposa e quatro filhos: Clara, Ana e Bel Kutner, além de Paulo Henrique Caruso.
 
Gaúcho de Lavras do Sul, Paulo José começou sua trajetória no teatro ainda no Rio Grande do Sul. Na década de 1960, iniciou carreira no Teatro de Arena, em São Paulo, com a peça Testamento de um Cangaceiro (1961), dirigida por Chico de Assis.
 
Seu primeiro trabalho na Globo foi na novela Janete Clair, de 1969.  Ao longo de mais de seis décadas de carreira, Paulo José esteve presente em mais de 20 novelas e minisséries, além de filmes como Macunaíma, de 1969, e Todas as Mulheres do Mundo, de 1966. Ele também dirigiu episódios de Casos Especiais, a adaptação do livro Agosto, de Rubem Fonseca, Memorial de Maria Moura, adaptação da obra de Rachel de Queiroz, e Incidente em Antares, inspirado no romance de Érico Veríssimo.
 
O último trabalho de Paulo José nas telas foi como Benjamin, personagem da novela Em Família que também sofria com o Mal de Parkison.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS