'ALERTA NACIONAL': Sikêra Jr. perde 37 patrocinadores após falas homofóbicas

Entre as marcas que romperam estão: o banco Caixa, rede de lojas das Casas Bahia, Renault, Mercedes Benz, TIM e a plataforma Kwai

'ALERTA NACIONAL': Sikêra Jr. perde 37 patrocinadores após falas homofóbicas

Foto: Divulgação

 

Sikêra Jr. já está colhendo os frutos negativos de suas falas homofóbicas ditas em seu programa ‘Alerta Nacional’, da RedeTV!. Segundo informações do perfil Sleeping Giants Brasil, o jornalístico perdeu 37 patrocinadores, que cancelaram seus contratos devido as polêmicas.
 
Entre as marcas que romperam estão: o banco Caixa e a rede de lojas das Casas Bahia. Além da Renault, MRV, Mercedes Benz, TIM e a plataforma Kwai, que também estão entre as empresas que irão desvincular seu nome com o comunicador.
 
 
 
Tudo começou quando Sikêra criticou o comercial de uma marca de restaurantes em celebração do Dia do Orgulho LGBTQIA+ e chamou homossexuais de “raça desgraçada”: “Você que disse que não assiste a esse programa, você que se sentiu ofendido: lhe peço perdão. Extrapolei como nunca, revoltado com o que vi naquele comercial, e continuo contra, minha opinião continua a mesma. Mas você que se sentiu ofendido, o que eu posso dizer é que me perdoe”, disse ele na ocasião.
 
Na semana passada, a RedeTV! resolveu se manifestar e emitir um comunicado à imprensa dizendo que respeita à diversidade, com isso, indo contra as falas polêmicas e homofóbicas ditas por Sikêra Jr no programa ‘Alerta nacional’. O pronunciamento da emissora  também veio após o jornalístico perder alguns patrocinadores e receber cobranças, por parte de alguns telespectadores, para que encerrasse o contrato com Sikêra.
Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS