AGITADA: Mulher mata noivo, foge seminua e é presa após roubar Kombi

Bacharel em direito e acompanhante de luxo, Marcela Ellen se casaria com Jordan Guimarães Lombardi e alega legítima defesa, após sofrer abuso sexual. Ela foi presa em Girassol (GO) e passará por audiência de custódia nesta quinta-feira (10/11)

AGITADA: Mulher mata noivo, foge seminua e é presa após roubar Kombi

Foto: Divulgação

 

A mulher presa depois de assassinar o noivo com um tiro dentro de um quarto de motel no Distrito Federal é Marcela Ellen, 31 anos. A bacharel em direito foi detida por policiais militares no distrito de Girassol, em Goiás, após usar uma arma de fogo calibre. 38 para roubar uma Kombi, nesta quarta-feira (9/11).

 

Aos PMs, a suspeita confessou o crime e alegou que teria sido vítima de estupro. Ela passará por audiência de custódia nesta quinta-feira (10/11).

Jordan Guimarães Lombardi, 39, foi encontrado morto com um tiro no olho direito, no Motel Park Way, no Setor de Postos e Motéis da Candangolândia. À polícia, Marcela contou que era noiva da vítima há cerca de dois anos e os dois moravam no bairro de Moema, em São Paulo.

 

Jordan trabalhava em um dos mais altos cargos da McKinsey & Company, uma empresa de consultoria empresarial americana. Na manhã de quarta-feira (9/11), policiais civis da 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante) receberam a informação da localização de um cadáver do sexo masculino em um motel.

 

O casal ingressou no estabelecimento na segunda-feira (7/11). De acordo com as investigações, Marcela trabalha como acompanhante de luxo e anuncia o serviço em um site específico.
 
 
Na madrugada, a mulher fugiu do local em um Audi Q7 e dirigiu até próximo à Girassol, mas o carro parou de funcionar no meio do caminho. Ainda seminua, ela desceu do veículo, pegou a arma e abordou o motorista de uma Kombi. Segundo o relato do homem, Marcela o ameaçou, pediu o celular desbloqueado e contou que havia sido vítima de abuso sexual e queria o automóvel dele.
 
 
Aproveitando-se da distração da acusada, o motorista da Kombi correu até à BR-070 e pediu socorro. Outro motorista que passava pea via o levou até uma viatura, em Girassol. Policiais militares de Goiás se deslocaram ao local e conseguiram prender a mulher em flagrante.
 
 
“Durante a prisão, os policiais perceberam que a arma de fogo tinha um estojo deflagrado. Questionada se teria efetuado algum disparo, ela confessou que alvejou o noivo em um motel de Brasília”, contou o tenente Renato Zaniz, supervisor do 17º Comando Regional da PMGO.

Galeria de Fotos da Notícia

AGITADA: Mulher mata noivo, foge seminua e é presa após roubar Kombi

AGITADA: Mulher mata noivo, foge seminua e é presa após roubar Kombi

AGITADA: Mulher mata noivo, foge seminua e é presa após roubar Kombi

AGITADA: Mulher mata noivo, foge seminua e é presa após roubar Kombi

Direito ao esquecimento

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS