SALGADA: Carne de porco deve ter aumento de preço de até 30% devido soja e milho

Outro fator que contribui para isso, foi a energia que também está mais cara

SALGADA: Carne de porco deve ter aumento de preço de até 30% devido soja e milho

Foto: Divulgação

Gosta de comer carne de porco assada nos finais de semana? Aquele pernil ou costelinha suínos na brasa, juntos com uma cervejinha e boas conversas com amigos? Pois prepare o bolso porque a brincadeira vai ficar mais cara! Após meses de quedas, o preço dos suínos deve voltar a subir.
 
A previsão é de que o aumento fique entre 20% a 30% no preço da carne de porco nos próximos 90 dias.
 
 
O aumento no preço da soja e do milho, bem como a dificuldade de repassar os custos de produção ao consumidor devido a problemas de oferta e demanda, são as responsáveis pelo aumento. A energia mais cara também entra na conta dessa subida de preços.
 
 
Com o salário mínimo sem aumento real desde que o presidente Jair Bolsonaro chegou ao poder e com a inflação galopando nas alturas sem solução de controle pelo Governo Federal, o fato inegável é que, para os mais pobres, consumir carne tem ficado cada vez mais difícil, chegando a ser mesmo um artigo de luxo.
Direito ao esquecimento

Você concorda que os vereadores de Porto Velho continuem atuando online, mesmo com a queda nos casos de covid-19?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

ROVIVO TV

DESTAQUES EMPRESARIAIS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

COLUNAS